SIGA O EM

Eleito no RN, Faria diz não ter projetos mirabolantes

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/10/2014 22:19 / atualizado em 26/10/2014 23:19

Agência Estado

O governador eleito do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), prometeu "governar para os últimos". "Não teremos nada de projetos mirabolantes. Será um governo que pensa na pessoa. Vamos fazer um Estado mais justo e solidário", afirmou.

Faria derrotou o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB), por 54,52% a 45,58%. Ele esperou a apuração dos votos para presidente da República para falar com a imprensa e disse estar feliz pela vitória completa da chapa. Além do governador e da presidente, Fátima Bezerra (PT) foi eleita para a vaga no Senado.

No pronunciamento feito no salão de festas do prédio onde mora na zona leste de Natal, em frente à praia Areia Preta, Faria disse que vai construir uma história nova no Rio Grande do Norte. "Não herdei um sobrenome de uma família tradicional para nascer quase eleito", disse Faria. Ele fez referência aos mais de 50 anos em que o Estado esteve sob comando de duas famílias: Alves e Maia.

O governador eleito agradeceu à família e disse ter "gratidão com louvor" ao PT, partido que fez parte da coligação que o elegeu. Faria também citou o vídeo que o ex-presidente Lula gravou pedindo votos a ele. "O apoio dele foi fundamental à minha vitória", ressaltou.

Ele prometeu que não vai pedir um tempo para "arrumar a casa" e que, na primeira semana de governo, a população potiguar sentirá melhoria em relação à segurança pública, um dos problemas do Estado. "O que não conseguir fazer será culpa do governador. Não vou colocar culpa em ninguém", discursou.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600