SIGA O EM

Ministros do TSE não terão acesso a resultado antecipado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/10/2014 18:31 / atualizado em 26/10/2014 18:34

Agência Estado

Brasília - O corregedor-geral da Justiça Eleitoral, ministro João Otávio de Noronha, disse neste domingo, 26, que os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) não terão acesso antecipado ao resultado das eleições presidenciais. De acordo com Noronha, o presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, avisou os integrantes do tribunal nesta manhã que só os técnicos do tribunal terão acesso ao acompanhamento do resultado antes da divulgação oficial.

Às 18h, 23,5% dos votos para presidente da República já haviam sido totalizados pelo sistema do TSE, mas os resultados parciais só podem ser divulgados quando for encerrada a votação em todos os Estados do País. Em razão do horário de verão e do fuso horário do Acre, os telões divulgarão a totalização dos resultados às 20h apenas, quando a expectativa é de que o nome do futuro presidente do Brasil já esteja definido.

No primeiro turno, quando ainda não havia horário de verão e a diferença entre horário oficial de Brasília para o horário do Acre era menor, 91% dos votos já haviam sido totalizados 56 minutos depois do encerramento da votação no Acre. De acordo com Noronha, os ministros costumam acompanhar o processamento dos resultados pelos computadores do Tribunal, o que não será feito desta vez. "Vamos saber o resultado ao mesmo tempo em que vocês", disse, em passagem pelo comitê de imprensa do TSE, neste domingo.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600