SIGA O EM

Eleitor de Aécio não consegue votar na zona oeste de São Paulo

Segundo Felipe Delmando, alguém votou no lugar dele. O advogado chegou a abrir um Boletim de Ocorrência, mas até às13h40, o problema não havia sido solucionado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/10/2014 14:49 / atualizado em 26/10/2014 14:58

Agência Estado

O advogado Felipe Delmanto, de 35 anos, não conseguiu votar no fim da manhã de domingo na Escola Pueri Domus, no Itaim, zona oeste de São Paulo. Segundo ele, o local onde deveria assinar o formulário de votação estava em branco, mas o comprovante não estava mais anexado. "Quando o mesário colocou o número do meu título, constava que eu já havia votado", contou ele, bastante revoltado.

Eleitor de Aécio Neves (PSDB), Delmanto procurou a Polícia Militar, que fazia a segurança na escola, e decidiu abrir um Boletim de Ocorrência. Mas até as 13h40, ainda aguardava na escola a chegada de um representante do cartório eleitoral, para depois seguir para a delegacia do bairro.

"Quero saber quem votou no meu lugar e para quem foi meu voto", reclamou o advogado, que estava acompanhado da esposa, Marcela. "Nem o TRE sabe dizer o que aconteceu." (Cleide Silva)
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600