SIGA O EM

Lula: não vejo reacionários tentando truncar o mandato

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/10/2014 12:31 / atualizado em 26/10/2014 12:42

Agência Estado

O ex-presidente Luiz Inácio da Silva disse há pouco que não acredita que haja risco de que alguém tente derrubar o governo eleito neste domingo. "Não acredito por duas razões: primeiro, porque este país aprendeu a valorizar a democracia. Segundo, porque a Dilma tem o povo brasileiro e uma grande parte da sociedade do lado dela. E a democracia, tem uma grande maioria defendendo a democracia", disse.

Apesar de afirmar que o discurso da oposição é muito semelhante ao da época de Getúlio Vargas e Jânio Quadros, ele não acredita "que haja nenhum reacionário tentando truncar o mandato".

Lula disse que tentaram fazer esse tipo de oposição quando ele foi eleito, mas que deu como resposta o debate. "Qual foi a resposta que eu dei na época? Vocês querem debater comigo. Vamos debater, mas eu vou debater na rua. Vou envolver o povo nesse debate. E o povo participou ativamente", disse. "E com a Dilma, a mesma coisa. Não dá para ficar um debate entre o governo e um deputado, entre o governo e um senador. Isso é institucional, é importante, mas o importante é envolver a sociedade", acrescentou.

O ex-presidente disse ainda que se não forem criados instrumentos de participação da sociedade "e ficar apenas naquele tabuleiro do institucional, é tudo mais complicado". "Acho que temos muita experiência nisso, a sociedade brasileira tem experiência de participação e eu não vejo qualquer risco, sinceramente; falo isso de coração, fico olhando, tentando visualizar inimigo da democracia; acho que, se existir inimigo da democracia, não quer que ela seja truncada num pais que esta aprendendo a conviver democraticamente."

No final da coletiva, ao ser questionado por humoristas sobre o que é melhor: uísque 12 anos ou 12 anos de PT, Lula respondeu: "os dois". (Carla Araújo)
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600