SIGA O EM

Na reta final, Dilma monta 'QG' em hotel no Rio

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/10/2014 17:07 / atualizado em 22/10/2014 17:54

Agência Estado

Na reta final da corrida eleitoral, a presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, e integrantes mais próximos da sua equipe estão baseados em um hotel na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, o Windsor Barra. Seguranças e assessores acompanham a candidata.

Dilma deve ficar hospedada até sábado, 25, dia seguinte ao último debate com Aécio Neves (PSDB), que será realizado pela TV Globo, no Rio. Na manhã desta quarta-feira, 22, participou de uma caminhada em Uberaba (MG). Às 17h, está marcada uma caminhada com mulheres em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro.

A estrutura foi montada para que a candidata pudesse fazer gravações do horário eleitoral e se preparasse para o debate, mas a candidata à reeleição pelo PT chega na reta final da campanha quase sem voz. A expectativa era que Dilma gravasse um novo programa eleitoral na tarde de hoje, o que acabou não acontecendo, segundo fontes. Ela chegou a visitar o estúdio montado no salão Imperial do Hotel Windsor, mas a equipe de gravação foi desmobilizada porque a presidente está quase sem voz.

Em breve conversa com o Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, Dilma, acompanhada de Aloizio Mercadante, um dos coordenadores de sua campanha, sussurrou que precisava poupar a voz. Na segunda-feira, 20, em carreata em Nova Iguaçu, a voz da presidente começou a dar sinais de cansaço durante um discurso que durou apenas quatro minutos.

O cabeleireiro oficial de Dilma, Celso Karuma, estava à disposição da candidata na tarde de hoje. Em conversa com a reportagem, afirmou que estará na cidade nos próximos dias.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.