SIGA O EM

CUT promete ato em São Paulo contra 'ameaças de privatização'

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 17/10/2014 17:19 / atualizado em 17/10/2014 17:30

Agência Estado

A exemplo do primeiro turno, a Central Única dos Trabalhadores (CUT) anunciou uma mobilização nacional para a próxima segunda-feira, 20, contra o que chama de "ameaças de privatização que surgiram na campanha eleitoral" à Presidência da República. Com ato programado em São Paulo, a entidade sindical quer protestar em "defesa do serviço público e das empresas estatais". Principal braço sindical do PT, a CUT foca no candidato do PSDB, Aécio Neves.

A CUT critica a possibilidade de "redução do papel social dos bancos públicos" numa eventual eleição do adversário da petista Dilma Rousseff e as "políticas neoliberais" da década de 1990. "Não queremos retroceder às políticas neoliberais novamente, com cortes de salários e de direitos e desemprego. Por isso vamos às ruas na segunda-feira defender as empresas públicas e a continuidade das conquistas", disse Carlos Cordeiro, presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT).
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.