SIGA O EM

PSTU defende o voto nulo no segundo turno

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 10/10/2014 16:19 / atualizado em 10/10/2014 16:28

Agência Estado

Nem Dilma Rousseff (PT), nem Aécio (PSDB) terão o apoio do PSTU para chegar à Presidência. O presidente nacional da sigla e candidato derrotado, José Maria de Almeida, divulgou nota em defesa do voto nulo no segundo turno das eleições. Segundo ele, nenhuma das duas candidaturas representa os ideais de luta do partido.

"O governo de Aécio seria a expressão clara do retrocesso. O PT não mudou nem vai mudar o País", escreve o representante do PSTU. Embora tenha sugerido que os militantes anulem o voto, o político disse que respeita e compreende os que apoiam Dilma para impedir a vitória de Aécio. No primeiro turno, Zé Maria obteve 91.206 votos para presidente e saiu da disputa em 8º lugar, entre os 11 candidatos. Esta foi a terceira vez que ele concorreu à Presidência.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600