SIGA O EM

Eleitor liga petista a pobre e tucano a empresário

Quando o cálculo é feito entre todos os eleitores, o tucano é o escolhido por 48% e a petista, por 31%

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 10/10/2014 07:49 / atualizado em 10/10/2014 08:07

Agência Estado

São Paulo - A maior parte dos entrevistados pelo Ibope que declararam voto em Aécio Neves (PSDB) o identifica como melhor representante dos ricos: 48%. Só 33% dos aecistas projetam Dilma Rousseff (PT) nesse papel. Entre quem vota na petista, as proporções pouco mudam: 51% dizem que Aécio representa melhor os ricos, e 33% dizem o mesmo sobre Dilma. Quando o cálculo é feito entre todos os eleitores, o tucano é o escolhido por 48% e a petista, por 31%.

Apesar de o marketing do PT explorar essa diferença - o que já começou a ser feito nessa quinta-feira, com o reinício da propaganda eleitoral na TV -, não necessariamente isso renderá votos para Dilma.

Quando a pergunta muda de "ricos" para "empresários", a maior parte do eleitorado também identifica o tucano como o melhor representante do empresariado: 47% a 34%. Mas, surpreendentemente, a diferença é menor entre quem vota em Dilma (43% a 42%) do que entre quem vota em Aécio (55% a 29%). Ou seja, isso conta como um atributo positivo.

O mesmo acontece quando o Ibope pergunta quem representa melhor os trabalhadores. Aí, as diferenças entre quem vota no tucano ou na petista ficam mais explícitas: 64% dos eleitores de Aécio dizem que é ele, enquanto 88% dos eleitores de Dilma dizem que é ela.

No total do eleitorado, a petista projeta mais a imagem de representantes dos trabalhadores: 50% a 31%. É vista por ainda mais eleitores como representante dos pobres: 56% a 25%.

Bancos

Outro aspecto a ser explorado na campanha é qual candidato é mais associado aos bancos. No 1.º turno, Dilma usou o tema para atacar a candidata do PSB, Marina Silva, que ficou em terceiro lugar na disputa. A questão é que há um empate técnico nesse quesito: 40% dos eleitores veem Aécio como melhor representante das instituições financeiras, e 37% consideram Dilma a candidata mais atrelada aos interesses dos bancos.

Quando o assunto é a defesa do meio ambiente, tema bastante associado a Marina, o eleitorado dá vantagem à petista. Para 38%, Dilma representa melhor a sustentabilidade que Aécio, escolhido por 31%.

Eleitoralmente, um problema para Aécio é que Dilma é mais identificada como representante dos aposentados (47%) do que ele (30%). Não por coincidência, Dilma lidera a corrida do 2.º turno entre os eleitores com 55 anos ou mais: 50% a 40%. É a única faixa etária em que a petista supera o tucano. Dilma também é vista por 44% como melhor representante dos jovens, ante 35% para Aécio. Mas entre os próprios jovens (de 16 a 24 anos), há um empate técnico: 38% para o tucano e 42% para a petista.