SIGA O EM

Dilma faz giro no Nordeste para ampliar vantagem sobre Aécio

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 07/10/2014 17:31 / atualizado em 07/10/2014 19:44

Agência Estado

Candidata à reeleição, a presidente Dilma Rousseff (PT) decidiu intensificar a agenda de viagens nos próximos dias, com o foco inicial na região Nordeste, onde conseguiu uma ampla margem de votos sobre o candidato do PSDB, Aécio Neves. Estão previstos eventos de Dilma em Teresina (PI), João Pessoa (PB), Salvador (BA), Maceió (AL) e Aracaju (SE) nesta semana.

A decisão de concentrar a agenda eleitoral na região Nordeste se deve a uma reavaliação do comando de campanha quanto ao grau de dificuldade de recuperar votos em São Paulo, maior colégio eleitoral do País, onde o candidato do PSDB abriu uma vantagem de mais de quatro milhões de votos sobre Dilma.

A ideia inicial de coordenadores e auxiliares era priorizar primeiramente as regiões Sul e Sudeste, mas optou-se por uma contraofensiva petista para evitar o avanço de Aécio na região Nordeste, tradicional reduto político do PT.

O objetivo do Palácio do Planalto é não só manter os votos conquistados no primeiro turno na região, como tentar ampliá-los, incorporando a maior parte possível dos eleitores da candidata do PSB, Marina Silva, já derrotada.

Para o comando da campanha de Dilma, a avaliação é a de que o segundo turno será uma disputa difícil, voto a voto, e que é fundamental retomar a polarização entre PT e PSDB e reforçar o discurso de que Dilma, ao contrário dos tucanos, fez um governo que "não virou as costas" para os pobres.

Plenária

O governador do Piauí eleito em primeiro turno, Wellington Dias (PT), confirmou nesta terça-feira que Dilma participa de plenária com líderes e militantes no Centro de Convenções Atlantic City nessa quarta-feira, 8, às 16h, em Teresina. Na ocasião, Dilma deve agradecer os votos obtidos no primeiro turno e pedir que seja repetido o desempenho no Estado, onde obteve 71% dos votos no primeiro turno. "Já avisei a eles do PSB que eles vão integrar meu governo no Estado", prometeu o governador petista eleito em primeiro turno.

Da capital piauiense, a petista segue para João Pessoa, na Paraíba, onde está prevista uma plenária com prefeitos e lideranças no Esporte Clube Cabo Franco. De lá, segue para Salvador.

Na capital da Bahia, a presidente se encontrará na manhã de quinta-feira, 9, com prefeitos, no Museu do Ritmo, e depois de uma caminhada rumo à escadaria da Igreja do Bonfim.

"Ela deve ter encontro com prefeitos na quinta-feira de manhã, a gente faz uma concentração no Largo de Roma, onde há obras sociais de Irmã Dulce, de lá segue em caminhada de agradecimento na Colina do Bonfim", antecipou o governador da Bahia, Jaques Wagner.

"Minha tarefa é ampliar (a votação da petista), ela (Dilma) colocou 3 milhões de votos de frente (na Bahia) e agora eu creio que ela pode colocar 3,5 milhões, para isso estou trabalhando, conversando com os eleitos, os prefeitos. Dilma ganhou na Bahia em 416 municípios de 417, ela teve 61% dos votos", comentou Wagner.

Depois da agenda na Bahia, Dilma deve cumprir agenda em Aracaju e Maceió, ainda na quinta-feira. Na sexta, Dilma deve viajar para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina e, no sábado, botar a campanha na rua em Minas Gerais.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.