SIGA O EM

Aécio diz ser a favor de mandato de cinco anos sem reeleição

Segundo Aécio, a legislação que prevê dois mandatos consecutivos foi uma experiência que o Brasil viveu, "mas nada impede que você evolua"

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 07/10/2014 15:02 / atualizado em 07/10/2014 15:31

Estado de Minas

Orlando Brito/Coligação Muda Brasil

O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, reiterou nesta terça-feira o aceno que fez à ex-senadora Marina Silva (PSB), dizendo que há convergências importantes entre as propostas de governo dela e as suas. "Reitero que nossa proposta de governo está sempre aberta às novas contribuições porque o projeto de governo está aberto aos aprimoramentos", disse.

Apesar do aceno, ele evitou comentar a possibilidade de apoio de Marina, que recebeu mais de 22 milhões de votos no primeiro turno.

Para reforçar que está alinhado com a pessebista, o tucano afirmou que o fim da reeleição já estava sendo debatido pelo seu partido. "A proposta de mandato de cinco anos já está em nossas diretrizes", afirmou. A reeleição para a Presidência e outros cargos do Poder Executivo foi implantada pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O tucano foi o primeiro a se beneficiar do projeto que permitiu a existência de dois mandatos seguidos. 

O candidato do PSDB afirmou que a tese de cinco anos de mandato sem reeleição é defendida por ele há muito tempo para os cargos do Executivo, mas que a mudança tem que ser aprovada pelo Congresso.

Segundo ele, a reeleição foi uma experiência que o Brasil viveu, "mas nada impede que você evolua". E criticou a adversária: "A presidente Dilma acabou por desmoralizar a reeleição, misturando o público com o privado. Se eu tinha dúvidas com relação à reeleição, a presidente Dilma acabou por desmoralizar."

 Com Agência Estado
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.