SIGA O EM

Movimento 'Aezão' continua no 2º turno, afirma Pezão

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 07/10/2014 13:19 / atualizado em 07/10/2014 13:56

Agência Estado

Rio - O candidato do PMDB ao governo do Rio, governador Luiz Fernando Pezão, afirmou nesta terça-feira a certeza de que o movimento "Aezão", promovido por apoiadores de sua candidatura em favor do candidato à presidência Aécio Neves, vai continuar no segundo turno das eleições.

"Não tem como (evitar). Aliás, o meu vice (senador Francisco Dornelles, do PP) é um dos coordenadores da campanha. Isso não ocasionou nenhum problema", disse o candidato antes de iniciar visita ao conjunto residencial construído no local onde existia a antiga fábrica da CCPL, em Manguinhos, zona norte do Rio.

Pezão lembrou que muitos partidos que o apoiaram também apoiam Aécio. O peemedebista ressaltou que apoiou a candidatura de presidente Dilma Rousseff (PT) a reeleição. "Sempre falei que obedeço ao que meu partido que decidiu, em nível nacional, apoiar a presidente Dilma e o vice-presidente Michel Temer".

Pezão relatou que, durante conversa na noite dessa segunda-feira, 6, Temer, que também é presidente nacional do PMDB, se colocou à disposição para ajudar nas alianças para o segundo turno.

"(O Rio de Janeiro) é um Estado importante no Sudeste e o único Estado em que o PMDB está disputando o governo. (O partido) já ganhou no Espírito Santo (Paulo Hartung), São Paulo é PSDB (Geraldo Alckmin) e Minas é PT (Fernando Pimentel)", afirmou Pezão.

O governador e candidato à reeleição disse esperar que a partir desta quarta-feira, 8 comece a anunciar apoios de outros partidos à sua candidatura.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.