SIGA O EM

PSB de Marina Silva discute apoio no 2.o turno na quarta-feira

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 06/10/2014 17:07 / atualizado em 06/10/2014 17:57

Agência Estado

A Executiva Nacional do PSB se reunirá na próxima quarta-feira, 08, em Brasília, para definir o apoio da sigla no segundo turno da sucessão presidencial. Hoje, aliados de Marina Silva ligados à Rede Sustentabilidade - partido em fase de criação - estão reunidos com a ex-presidenciável em São Paulo para discutir a posição do grupo na próxima fase da campanha.

Pelo acordo firmado entre os seis partidos que integraram a coligação de Marina Silva, as siglas ouvirão suas bases nos próximos dias e tentarão buscar um consenso até o final desta semana. Marina disse que gostaria de manter PSB, PPS, PHS, PPL, PRP e PSL juntos no segundo turno.

Um dos principais partidos da aliança, o PPS, se reunirá amanhã (7) na sede nacional do partido, em Brasília. O presidente nacional da sigla, deputado Roberto Freire (SP), já defendeu junto a Marina o apoio ao tucano Aécio Neves. "A intenção é ter um posicionamento consensual entre os partidos da coligação, mas o PPS defende o apoio qualificado, com discussão de programa, a Aécio Neves", afirmou Freire em nota divulgada pelo PPS.

Para declarar seu apoio, Marina deve cobrar do candidato compromissos com os eixos de seu programa de governo, entre eles a manutenção das conquistas socioeconômicas, o fim da reeleição e a inclusão da questão da sustentabilidade na agenda econômica. No discurso de ontem, após a divulgação do resultado do primeiro turno, a ex-senadora sinalizou que tende a apoiar Aécio Neves.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.