SIGA O EM

Rollemberg e Frejat disputarão 2º turno no DF

Atual governador, Agnelo Queiroz (PT), ficou com 20,07% dos votos e está fora da disputa

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 05/10/2014 21:07 / atualizado em 05/10/2014 21:13

Agência Estado

O eleitor do Distrito Federal rejeitou a reeleição do atual governador, Agnelo Queiroz (PT), que com apenas 20,07% dos votos válidos ficou fora da disputa do segundo turno. Seguem a corrida eleitoral para o Palácio dos Buriti o candidato do PSB, Rodrigo Rollemberg, que obteve 45,23% dos votos válidos, e Jofran Frejat (PR), com 27,97%.

Para o Senado Federal, foi eleito Antônio Reguffe, com 57,61% dos votos válidos, com 826.576 confirmações nas urnas. O atual senador Gim Argello (PTB) obteve 18,92%. Ele conseguiu, no final da apuração, ultrapassar Magela (PT), que teve 18,80% dos votos. Mas, como estava em disputa apenas uma vaga para o Senado, Gim não foi reeleito.

As oito vagas para a Câmara dos Deputados que o Distrito Federal tem direito serão ocupadas por parlamentares de diferentes partidos: Fraga (DEM), Rogério Rosso (PSD), Érika Kokay (PT), Ronaldo Fonseca (Pros), Rôney Nemer (PMDB), Izalci (PSDB), Augusto Carvalho (SD) e Laerte Bessa (PR).

Presidenciáveis

O Distrito Federal deu uma vitória apertada ao candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves. Ele obteve 36,10% dos votos, equivalente a 568.371 confirmações nas urnas. Já a candidata do PSB, Marina Silva, obteve 35,81% dos votos, indo a 563.830 confirmações pelo eleitor. O terceiro lugar ficou com a presidente e candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT), com 23,02% dos votos (362.511).
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.