SIGA O EM

Crise econômica e desemprego afetam resultados, diz SSP

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 26/07/2017 08:31

Agência Estado

São Paulo, 26 - Em nota enviada à reportagem, a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo afirma que a crise econômica e o aumento de desemprego contribuíram para que a polícia não cumprisse as metas estabelecidas de crimes patrimoniais, que estão em alta no Estado. Já para a letalidade violenta, a pasta diz que o "grau de desafio da meta estabelecida" teve influência sobre o resultado final obtido.

"Em relação aos crimes patrimoniais, fatores externos às atividades patrimoniais, como a crise econômica e o consequente aumento do desemprego, influenciaram nacionalmente em uma alta nesse tipo de delitos", diz a pasta. "Com a variação positiva da estatística, as metas não foram atingidas."

"No caso da letalidade violenta, o não cumprimento deveu-se ao grau de desafio da meta estabelecida, apesar da queda dos indicadores em todo o Estado em relação a 2015", afirma a SSP.

Segundo a pasta, o não cumprimento da meta aconteceu apesar de São Paulo ter atingido em 2016 "a menor taxa de homicídios da série histórica: 8,12 ocorrências por grupo de 100 mil habitantes".

As informações são do jornal

O Estado de S. Paulo.

Crise econômica e desemprego afetam resultados, diz pasta

(Felipe Resk e Marco Antônio Carvalho)
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600