DAEE cancela última reunião sobre crise hídrica de SP

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 03/09/2014 20:01 / atualizado em 04/09/2014 07:56

Agência Estado

Brasília, 03 - Foi cancelada a reunião, prevista para esta quarta-feira, 03, do Grupo Técnico de Assessoramento para Gestão do Sistema Cantareira (GTAG) para discutir a crise de abastecimento da Região Metropolitana de São Paulo. O Departamento de Água e Energia Elétrica de São Paulo (DAEE), no entanto, não justificou o cancelamento do encontro.

Integrantes da Agência Nacional de Águas (ANA) participariam da reunião a partir de Brasília, por videoconferência, conforme apurou a reportagem, mas foram notificados em cima da hora que o DAEE cancelou a última discussão do grupo.

Hoje seria o último dia da reunião iniciada pelo GTAG em 21 de agosto para debater a crise hídrica paulista. Havia a expectativa de anúncio de uma decisão sobre como atender a demanda de água de São Paulo em meio à seca.

A assessoria do DAEE não soube explicar o motivo do cancelamento da reunião nem se existe uma nova data para o encontro envolvendo o órgão e a ANA. Na semana passada, a agência reguladora informou que foi acertada pelo GTAG uma redução na vazão do Sistema Cantareira de 19,7 metros cúbicos por segundo (m³/s) para 18,1 m³/s, a partir de 30 de setembro, e para 17,1 m³/s a partir do dia 31 de outubro. A decisão, tecnicamente, pode impor o racionamento de água em São Paulo.

O DAEE negou o acerto, mas foi desmentido posteriormente pelo Comitê da Bacia do PCJ (Piracicaba, Capivari e Jundiaí), que também integra o GTAG.

Integrantes do GTAG acreditam que a motivação do DAEE de adiar a reunião desta quarta seja política. O órgão é controlado pelo governo paulista. O anúncio formal de racionamento seria negativa para o governador Geraldo Alckmin (PSDB), que busca a reeleição.
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.