Polícia tenta localizar mãe da criança abandonada em Brasília

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 03/09/2014 10:05 / atualizado em 03/09/2014 11:47

Luiz Calcagno /Correio Braziliense , Mariana Laboissière /Correio Braziliense

O recém-nascido encontrado na noite da última segunda-feira, no banco da praça localizada entre o Conjunto Nacional e o Teatro Nacional, em Brasília, recebeu o nome de Arthur. Ele foi batizado pela equipe do Hospital Materno Infantil de Brasília (Hmib), na Asa Sul, onde está internado e passou por uma série de exames.

Segundo a pediatria, o estado de saúde da criança é bom. Tem cerca de 37 semanas, pesa 2,1kg e mede 45cm. Em menos de um mês, esse é o segundo caso de abandono de incapaz registrado no DF (leia Memória). De janeiro a junho, foram 50 ocorrências, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública. No mesmo período de 2013, houve 71.

O bebê foi encontrado pelo aeroviário Edson de Sousa Santos, 40 anos. Ele passava pelo local por volta das 23h, quando avistou algo que imaginava ser uma sacola plástica. “Vi que alguma coisa se mexia, então, aproximei-me e levei um susto quando me dei conta de que eram os pezinhos de uma criança. Naquela hora, fiquei arrepiado, tive vontade de chorar. Agradeci a Deus por ter me colocado ali, e o peguei nos braços”, contou.

Edson tinha perdido um ônibus para o Aeroporto Juscelino Kubitschek e resolveu caminhar pela praça. Segundo ele, Arthur usava manta, roupas de frio, luvas e um gorro, que havia saído da cabeça.
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.