Bombeiros retomam buscas por turista em Ilhabela

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 02/09/2014 14:19 / atualizado em 02/09/2014 14:24

Agência Estado

O Corpo de Bombeiros de Ilhabela e a Marinha do Brasil de São Sebastião, no litoral norte de São Paulo, retomaram no início da manhã desta terça-feira as buscas a um turista de 38 anos desaparecido após um naufrágio ocorrido na noite do último domingo, 31, nas proximidades da Ponta da Sela, extremo sul de Ilhabela. Um dos ocupantes, João Joaquim Barbosa Filho, foi encontrado morto na tarde de segunda, 1, em uma praia da região central da cidade.

Outros três turistas que estavam na lancha "Bob Marlim" se salvaram após nadar durante nove horas em alto mar, agarrados por objetos e colchões infláveis, até chegar à costa de Ilhabela, onde foram resgatados por pescadores, que ouviram os gritos de socorro na manhã de segunda-feira.

De acordo com a Delegacia da Capitania dos Portos em São Sebastião, três embarcações, sendo uma de grande porte, com 14 homens no total, estão vasculhando toda a costa do arquipélago na esperança de encontrar o turista desaparecido, além do helicóptero Águia, da Polícia Militar. O grupo de cinco amigos é de Mogi das Cruzes. Segundo o delegado da Capitania, Marcelo Oliveira Sá, há a expectativa de que o turista desaparecido possa ser encontrado com vida, já que de acordo com relatos do proprietário da lancha, ele utilizava colete salva-vida.

Ainda segundo o delegado, com base em depoimento do proprietário da lancha, o grupo aguardava os ventos fortes cessarem na Praia do Saco da Capela. Ao perceberam que os ventos diminuíram, seguiram viagem, mas foram surpreendidos por fortes rajadas enquanto navegavam na Ponta da Sela, em local de alto mar. A lancha foi virada pelas ondas. Segundo Sá, as rajadas chegaram a atingir 100km/h no último domingo.

"Eles tentaram retornar quando perceberam a retomada dos ventos, mas na manobra, a lancha virou", explicou. A Delegacia da Capitania dos Portos instaurou inquérito para apurar o acidente. A embarcação estava com a documentação em dia e tinha estrutura para navegar em alto mar, segundo o delegado. O corpo de João Joaquim Barbosa Filho foi velado em Mogi das Cruzes e seria enterrado hoje em Biritiba Mirim.
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.