17°/ 31°
Belo Horizonte,
01/NOV/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

MP denuncia motorista que matou corredor na USP


Agência Estado

Publicação: 02/09/2014 09:31 Atualização: 02/09/2014 10:56

O Ministério Público Estadual (MPE) denunciou nesta segunda-feira o motorista Luiz Antônio Conceição Machado, que atropelou cinco pessoas no interior da Cidade Universitária, no Butantã, zona oeste de São Paulo; uma delas, o corredor Álvaro Teno, morreu. Para o MPE, Machado assumiu a possibilidade de matar ao dirigir sob efeito de álcool e poderá ir a júri popular.

A denúncia é assinada pelo promotor Rogério Leão Zagallo, que enfatiza a responsabilidade do condutor do veículo no acidente registrado no dia 16 de agosto. "A beberagem etílica a que se submeteu o denunciado fez com que ele perdesse a plenitude de sua capacidade psicomotora e, assim, passasse a conduzir o Toyota, modelo Corolla, de maneira tresloucada e irresponsável", descreveu Zagallo.

O veículo atingiu ainda outras quatro pessoas que corriam na Cidade Universitária. Elas receberam atendimento e não correm risco de morte. O condutor do veículo responderá por dolo eventual da morte de Álvaro Teno (situação em que o agente não deseja matar, mas assume o risco do resultado morte com seu comportamento), por quatro tentativas de homicídio e tentativa de fuga do local dos crimes.

Para o MPE, não resta dúvida de que ao decidir por dirigir após ter ingerido álcool, Luiz Antônio Conceição Machado assumiu o risco de matar pessoas. "A somatória de circunstâncias que envolveram o evento faz com que ela seja interpretada com um ato doloso seu , eis que o agente , como dito, assumiu o risco de matar alguém, como de fato matou um cidadão e por pouco não mata outros quatro", relatou o promotor na denúncia.

Após ter sido preso temporariamente por suspeita de homicídio culposo, Machado teve a sua prisão convertida para preventiva pela Justiça e deve aguardar julgamento em reclusão. A denúncia foi encaminhada para o 5º Tribunal do Júri de São Paulo, que decidirá se aceita ou não a acusação para dar início ao processo, com apresentação de defesa do motorista.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.