16°/ 26°
Belo Horizonte,
22/SET/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Haddad lança sábado edital para hospital de Parelheiros


Agência Estado

Publicação: 22/08/2014 09:31 Atualização: 22/08/2014 09:47

A Prefeitura abre neste sábado, 23, o processo de licitação para contratação das obras do Hospital Municipal de Parelheiros, no extremo da zona sul de São Paulo. A unidade deve ser entregue pela gestão de Fernando Haddad (PT) no fim de 2016. Promessa de campanha, o hospital terá 255 leitos, incluindo vagas para tratamento psiquiátrico. O custo estimado é de R$ 212 milhões, a serem pagos pelo Ministério das Cidades, por meio do programa Mananciais.

O lançamento do edital ocorre quatro meses após a entrega do projeto executivo à Caixa Econômica Federal, que avalia a possibilidade do repasse de verbas federais. O financiamento foi obtido dentro de um programa de reurbanização da região, o que inclui a construção de novos equipamentos públicos, como escolas, creches, postos de saúde e hospital. Todo o conjunto de obras, segundo a Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana, está avaliado em R$ 4 bilhões.

Segundo Haddad, o novo hospital ajudará a desafogar o atendimento médico na zona sul - hoje, o hospital-geral mais próximo é o de Grajaú, que pertence à rede estadual e não é suficiente para dar vazão à demanda. A expectativa é que a nova unidade atenda 180 mil pessoas.

Dados da Secretaria Municipal da Saúde indicam que a zona sul, a maior da capital, é carente de atendimento hospitalar. São apenas 0,7 leito público para cada mil habitantes, quando o Ministério da Saúde preconiza de 2 a 3 leitos para cada grupo de mil habitantes.

De acordo com o projeto, o futuro Hospital Municipal de Parelheiros oferecerá pronto-socorro, maternidade, hospital dia, hospital-escola e centro de apoio de diagnóstico. Serão contempladas especialidades como clínico-geral, pediatria, cirurgia, ortopedia, ginecologia e radiologia, entre outras.

Ao todo, serão 31 mil metros quadrados de área construída. O terreno escolhido fica entre as ruas Euzébio Goghi e Cacual. Mas, segundo Haddad, ainda precisa ter a desapropriação concluída para o início das obras.

Brasilândia


A Prefeitura também pretende tirar do papel a licitação do Hospital Municipal de Brasilândia, na zona norte. A expectativa é lançar o edital em poucas semanas, para que ambas as obras tenham cronograma de entrega semelhante. No plano de Haddad, consta ainda um novo hospital na zona leste, sem data para ser lançado. A unidade mais próxima da inauguração, no entanto, fica no Jabaquara. É o Hospital Santa Marina, comprado pela Prefeitura e atualmente em reforma.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.