16°/ 31°
Belo Horizonte,
20/SET/2014
  • (10) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Morte de jovem que esperou 21 horas por cirurgia de apendicite será investigada

Ana Carolina Cassino, de 23 anos morreu às 5h do último domingo, após aguardar quase um dia para realizar a operação. De acordo com o atestado de óbito, a jovem teve um 'choque séptico'

Agência Estado

Publicação: 21/08/2014 10:31 Atualização: 21/08/2014 12:05

Ana Carolina estava com o casamento marcado para o fim do ano (Reprodução/Facebook)
Ana Carolina estava com o casamento marcado para o fim do ano
O Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Cremerj) informou que vai abrir uma sindicância para apurar a morte da farmacêutica Ana Carolina Domingos Cassino, de 23 anos, após esperar 21 horas para uma cirurgia de apendicite no hospital da Unimed, na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio. Diagnosticada na sexta-feira, 15, a jovem só teve a cirurgia agendada para sábado, 17, mesmo com fortes dores. A diretoria do hospital informou que também está apurando o caso.

Segundo familiares, Ana Carolina começou a sentir dores na barriga na manhã de sexta-feira. Por volta de 13h40, deu entrada na unidade de pronto-atendimento da Unimed, também na Barra, e, após exames, foi diagnosticada às 18h. Somente às 23h, a jovem foi transferida para o hospital, e a cirurgia foi marcada para 15h de sábado.

Às 13h, entretanto, a farmacêutica apresentou piora no quadro e precisou ser reanimada. A cirurgia terminou às 17h30 e Ana Carolina foi levada para o Centro de Terapia Intensiva (CTI). Às 5h de domingo, a jovem morreu.

No fim do ano, Ana Carolina se casaria com o noivo, Leandro Nascimento Farias, de 24 anos. De acordo com o atestado de óbito, ela teve um "choque séptico", um termo médico para infecção generalizada.

Em nota, a diretoria do hospital informou que "todos os procedimentos realizados desde o primeiro atendimento estão sendo avaliados pelas comissões de Óbitos e de Prontuário Médico e, tão logo as apurações sejam concluídas, serão submetidas à Comissão de Ética Médica do hospital, a quem cabe o parecer final sobre o caso, e comunicadas à família".

"O Hospital Unimed-Rio lamenta profundamente o ocorrido, se solidariza com a família e reafirma seu compromisso com o mais breve esclarecimento do caso", concluiu.

Esta matéria tem: (10) comentários

Autor: Filipe Costa
Cadeia! É o mínimo que este médico merece, junto com sua cassação! É um absurdo uma coisa dessas! A impunidade neste país está criando monstros que não o seriam, se a coerção existisse. Não é este país que queremos, ou é? | Denuncie |

Autor: jose newton moreira moreira
-Qual problema nesta tragédia? O sistema de saúde está um caos porque não tem verbas suficientes. As verbas foram usadas para construir estádios devido a sua importância. Parabéns PT por investir mais de 30 bi em estádios. A saúde é supérflua não é verdade? | Denuncie |

Autor: Sheila Soares
A rede privada de saúde esta piorando a cada dia, isto é caso de policia. Ha muito tempo que a Unimed deixou de ser uma operadora comprometida com a saáude e bem estar de seus clientes. Pra mim virou mais uma empresa com objetivo claro, Ganhar $$$$$$$$$$$$$ | Denuncie |

Autor: laiston castro
Que dureza,se não tem plano de saude e usa o SUS,morre,agora se tem plano de saude particular morre tambem.E UNIMED!!!! | Denuncie |

Autor: sebastião costa
A Dilma, diz que a saúde está muito bem. | Denuncie |

Autor: SERGIO DOURADO
O nível de descaso das autoridades no país da "lei e da ordem" (mas só contra rolezinho e manifestação...) chega a ser um genocídio planejado... | Denuncie |

Autor: SERGIO DOURADO
Coitada,n roubou milhões do povo brasileiro e virou "político":por isso n foi tratar no Sírio Libanês como aqueles q pagamos os salários pra nos deixar na MERDA!!! | Denuncie |

Autor: Robson Silva
Hospital particular ainda! | Denuncie |

Autor: Ernesto Zulu+*
Infelizmente nossa medicina a cada dia que passa está mais comprometida com márgem de lucro, e essa Unimed está se tornando um segundo SUS. | Denuncie |

Autor: Matias Silva
Se fosse num hospital cubano, o que teria de nego conversando fiado aqui, não caberia nas páginas de comentários !!! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.