19°/ 34°
Belo Horizonte,
30/SET/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Especialista vê gasto pouco eficiente em saúde no país

Agência Estado

Publicação: 16/07/2014 11:07 Atualização: 16/07/2014 11:34

O sistema brasileiro de saúde enfrenta muitos desafios, mas um dos maiores obstáculos é lidar com o envelhecimento da população. A opinião é de André Médici, especialista em desenvolvimento social e autor do blog Monitor de Saúde. Durante o Fórum Estadão sobre saúde, realizado pelo Grupo Estado em parceria com o Insper, Médici afirmou que a eficiência no gasto com saúde no Brasil é muito baixa, com o País figurando em 48º lugar em uma pesquisa internacional que avaliou esse tópico.

"Em 2002, 59% da população aprovavam as políticas de saúde pública. Em 2014, esse índice caiu para 14%. Existe uma percepção muito grande de que o SUS está piorando. São problemas como demora no atendimento, falta de equipamentos e medicamentos, falta de médicos e profissionais de saúde", comentou durante o painel "Avanços no sistema público e os desafios dos próximos anos".

Também participando do debate, Gonzalo Vecina Neto, representante do Hospital Sírio Libanês, afirmou que é essencial integrar as três esferas de governo. "São Paulo nunca terá uma saúde melhor sem coordenação entre Estado e município, que controlam cada um praticamente a metade dos equipamentos de saúde na capital", afirmou. Ele também apontou a necessidade de maior interligação com a saúde privada, já que quase 30% dos brasileiros possuem assistência médica particular.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.