Rio prevê 'invasão' de 100 mil argentinos na final

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 10/07/2014 12:49

Agência Estado

São Paulo, 10 - Definido que Alemanha e Argentina vão protagonizar a final da Copa, domingo, 13, no Maracanã, a prefeitura do Rio planeja a recepção aos torcedores dos dois países. A principal preocupação é com os argentinos, que devem ser a grande maioria dos visitantes. A administração municipal calcula receber 70 mil "hermanos", enquanto o governo estadual prevê que até 100 mil deles cheguem ao Rio.

Como muitos argentinos estão viajando pelo Brasil em ônibus adaptados com camas, banheiro e cozinha, é preciso espaço para manter esses veículos estacionados. Às vésperas da estreia da Argentina na Copa, que ocorreu no Maracanã, torcedores lotaram a orla de Copacabana, na zona sul da cidade, com os ônibus adaptados.

Depois eles foram transferidos para o Terreirão do Samba, espaço de shows vizinho ao sambódromo. Como essa área já está lotada com 140 veículos, a prefeitura anunciou que a praça da Apoteose, trecho final do sambódromo, também será usada para receber os motorhomes. Ônibus de turismo, por sua vez, serão encaminhados à ilha do Fundão, na zona norte.

A iluminação do Cristo Redentor no sábado, das 19 às 21 horas, também fará menção à final da Copa. Torcedores poderão votar pela internet e escolher se as cores serão da Argentina ou da Alemanha. Até a noite de quarta-feira, a maioria preferia homenagear a Alemanha.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.