17°/ 31°
Belo Horizonte,
21/SET/2014
  • (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Brigas com torcedores argentinos em Brasília resultam em 95 ocorrências Após baterem em um perito da policial federal, dois argentinos foram detidos e vão responder por tentativa de homicídio
  • Notícia

Carolina Samorano - Correio Braziliense

Publicação: 07/07/2014 08:21 Atualização:

Não foram apenas os argentinos Emiliano Mario Rios Duda e Jose Alberto Criscenti, presos por tentativa de homicídio depois de se envolverem em uma briga com brasileiros, que arrumaram confusão no último sábado durante a partida entre Argentina e Bélgica pelas quartas de final da Copa no Mané Garrincha. Segundo o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT), somente no sábado, foram registradas ao menos 95 ocorrências envolvendo torcedores nos arredores da arena. Duas acabaram em audiência com portenhos.



A primeira envolveu dois brasileiros e um argentino, o torcedor Diego Ignacio Aquino. Ele teria ameaçado um e agredido o outro, além de ter resistido à prisão. O primeiro brasileiro aceitou o pagamento de aproximadamente 500 pesos argentinos, correspondentes a US$ 50, como indenização. Com o pagamento, o agressor está livre de processo. O registro do TJDFT não tinha nenhuma menção, no entanto, a qualquer acordo com a segunda vítima, que teria sido agredida. Na falta do acerto, os dois torcedores devem ser intimados novamente. Enquanto a ação corre, Aquino não poderá deixar o país.

O outro caso, que envolveu Guillermo Antonio Calleri, é semelhante. O homem acabou detido por suposta lesão corporal contra dois brasileiros, ameaça, desacato e resistência à prisão. As vítimas chegaram a fazer exames no Instituto de Medicina Legal que comprovaram as lesões, mas não compareceram à audiência. Por isso, não houve acordo e Calleri foi liberado. Os envolvidos devem ser chamados pela Justiça novamente ainda hoje. Um cônsul da embaixada argentina acompanhou as duas sessões.

Por meio da assessoria de imprensa, o TJDFT informou ainda que, até ontem, ainda não havia recebido nenhuma ocorrência relacionada ao caso dos torcedores presos por tentativa de homicídio, o que deve ocorrer hoje. Enquanto isso, os dois permanecem detidos na Delegacia de Polícia Especializada. No sábado, alguns turistas iranianos foram presos por cambiagem na porta do estádio, mas acabaram liberados e o caso foi arquivado pelo caráter atípico da ocorrência. Segundo o tribunal, eles compraram os ingressos para assistir à partida, mas desistiram e decidiram vender as entradas próximos ao estádio por um valor menor do que pagaram.

Vídeos e agressões

Três vídeos, um gravado com exclusividade pelo repórter do Correio Renato Alves, e outros dois enviados por um leitor, mostram momentos em que os torcedores entraram em conflito dentro do Mané Garrincha no dia da partida entre Argentina e Bélgica. No primeiro (acima), é possível ver um torcedor argentino agredindo um brasileiro. No vídeo abaixo, dois torcedores da Argentina brigam e, mesmo com a chegada dos policiais, permanecem agarrados. Só com muita dificuldade que eles são separados. Já o último mostra provocações entre torcidas rivais.

 

 

 

 

 

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: SERGIO DOURADO
Selvageria pura... Coloquem-nos numa arena c leões igual na Roma Antiga e vamos vêr o q dá... | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.