12°/ 23°
Belo Horizonte,
23/JUL/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Rodoviários entram em greve em dia de jogo no DF Com a expectativa da Polícia Federal que até cem mil argentinos estejam na cidade no fim de semana, o governo disponibilizou um espaço no estacionamento da Granja do Torto para quem veio em veículos particulares e vai utilizar o transporte como hospedagem, especialmente motor homes

Agência Estado

Publicação: 05/07/2014 13:19 Atualização: 05/07/2014 14:53

Cerca de 10 mil motoristas e cobradores entraram em greve na manhã deste sábado, 5, no Distrito Federal. Os rodoviários já haviam feito uma paralisação nesta sexta-feira, e ameaçavam parar totalmente com o serviço na manhã deste sábado. Eles cobram um reajuste de 20% que foi concedido em junho e não foi pago neste mês. A paralisação ocorre no mesmo dia da partida entre Argentina x Bélgica, no Estádio Nacional Mané Garrincha.

Nos primeiros quatro jogos da Copa na cidade, o Governo do Distrito Federal (GDF) disponibilizou ônibus gratuitos que levaram os torcedores da Rodoviária do Plano Piloto até o estádio. Para garantir a continuidade do serviço, a Secretaria de Transporte do DF recorreu às empresas do entorno de Goiás para fazer o trajeto. Quinze ônibus da Grande Brasília estão na rodoviária à disposição dos torcedores que forem para o jogo.

De acordo com o Diretor Operacional da Secretaria, Lúcio Lima, a Sociedade de Transportes Coletivos de Brasília (TCB) opera com 20 ônibus elétricos do Aeroporto Juscelino Kubitschek até a rodoviária. Os veículos começaram a rodar, ainda em fase de testes, na última quinta-feira, 03. Segundo a Inframerica, consórcio que administra o aeroporto, 45 mil pessoas devem passar pelo local hoje. Por volta das 10h, torcedores já faziam longas filas para pegar o transporte. Os ônibus saíram lotados e com muitos passageiros em pé.

Lima, no entanto, tratou de minimizar os transtornos causados pela greve. "Reforçamos os bolsões de transporte coletivo no Parque da Cidade e também na Rodoferroviária, locais próximos ao Mané Garrincha. Apenas 10% dos torcedores que foram ao estádio utilizaram o serviço de ônibus da rodoviária até o estádio nos primeiros jogos", declarou. Segundo ele, a maioria dos torcedores optou em ir a pé para o jogo. Da rodoviária até o estádio é preciso caminhar por quase dois quilômetros.

Com a expectativa da Polícia Federal que até cem mil argentinos estejam na cidade no fim de semana, o governo disponibilizou um espaço no estacionamento da Granja do Torto para quem veio em veículos particulares e vai utilizar o transporte como hospedagem, especialmente motor homes. Uma linha especial de ônibus também foi colocada à disposição dos turistas, como explica o diretor da Secretaria de Transporte.

"Colocamos cinco ônibus no local para levar os argentinos até a Fan Fest, em Taguatinga. No entanto, apenas dois veículos saíram de lá, às 10h, com 20 passageiros em cada carro. O movimento está abaixo do que esperávamos", comemorou. Com a greve, quem aproveitou para ganhar dinheiro foram taxistas e motoristas piratas. Na rodoviária, os táxis serviram como lotação e cobraram preços fixos dos passageiros que dependem do transporte coletivo.

Os rodoviários ainda negociam com os empresários para tentar solucionar o impasse. Por telefone, um dos funcionários da Piracicabana afirmou que o serviço só voltará a ser normalizado quando houver a garantia de que o reajuste será pago integralmente. O aumento beneficiará cerca de 10 mil rodoviários em todo o DF. A negociação da categoria garantiu reajuste de 20% no salário, 20% no vale-refeição, além de 40% na cesta básica. De acordo com o sindicato dos rodoviários, o salário da categoria passará dos atuais R$ 1,6 mil para R$ 1,9 mil. O vale subirá de R$ 347 para R$ 416 e a cesta básica sairá de R$ 140 para R$ 196.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.