Rio Grande do Sul tem 15 mil pessoas fora de casa por causa da chuva

Cheia do Rio Uruguai aumenta para 99 o número de municípios afetados. Instabilidade deve continuar até domingo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 03/07/2014 15:54

Agência Brasil


Chega a 15.092 o número de pessoas que tiveram que deixar suas casas por causa da chuva que atingiu o Rio Grande do Sul. Segundo boletim da Defesa Civil Estadual, divulgado nesta quinta-feira (3), 13.601 moradores estão desalojados e foram para casas de parentes e amigos. Mais 1.491 estão em abrigos públicos. Dois homens morreram e uma mulher está desaparecida devido às enchentes. O norte do estado é o mais prejudicado com a cheia do Rio Uruguai.

O número de municípios afetados subiu para 99, dos quais 42 estão em situação de emergência. Iraí e Barra do Guarita decretaram estado de calamidade pública. Iraí tem 700 moradores fora de casa por causa do transbordamento do Rio do Mel. Barra do Guarita foi atingida pela cheia do Rio Uruguai.

Segundo o governo estadual, existem 1,6 mil pontos sem energia elétrica e 12 trechos de rodovias federais e estaduais bloqueados devido à queda de barreiras.

De acordo com a Defesa Civil, a chuva, que deu uma trégua nos últimos dois dias, retorna a alguns pontos do estado nesta quinta-feira (3) e pode agravar a situação na fronteira oeste e no sul. O período de instabilidade deve permanecer pelo menos até domingo (6).
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.