15°/ 23°
Belo Horizonte,
20/AGO/2014
  • (4) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Polícia de São Paulo prende suspeito de depredar concessionária

Agência Estado

Publicação: 02/07/2014 10:37 Atualização: 02/07/2014 12:17

Protesto que iniciou pacífico terminou com violência e depredação de agências bancárias e concessionarias de automóveis (Reuters/Chico Ferreira)
Protesto que iniciou pacífico terminou com violência e depredação de agências bancárias e concessionarias de automóveis

A Polícia Civil prendeu na manhã desta quarta-feira um suspeito de envolvimento na depredação de uma concessionária da Mercedes-Benz durante uma manifestação do Movimento Passe Livre (MPL) no dia 19 de junho. O mecânico João Antônio Alves de Roza, que trabalha em uma cooperativa de ônibus, foi detido em São Mateus, na zona leste da cidade. Com ele, policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) apreenderam a roupa que teria sido utilizada durante os atos de vandalismo e recolheram um computador para perícia.

A forma como Roza foi identificado e mais detalhes da prisão serão divulgados na tarde desta quarta-feira pelo delegado titular da Delegacia de Investigações sobre Estelionato (2ª DIG) do Deic.

A depredação da concessionária aconteceu no final de um ato organizado pelo MPL na Marginal do Pinheiros, na zona oeste da cidade. Inaugurada uma semana antes do protesto, a loja estimou um prejuízo de cerca de R$ 3 milhões com 12 carros danificados, entre eles um CLS 63 AMG, modelo que custa R$ 599.900. O carro mais barato entre os que foram atacados custa R$ 53.400.

Adeptos da tática Black Block aproveitaram uma caçamba de entulho que estava em frente à concessionária para pegar pedaços de madeira, ferro e pedregulhos que foram utilizados na ação.

Esta matéria tem: (4) comentários

Autor: Fábio Martins
Seu advogado vai contar uma historinha triste, dizer que ele foi criado pela avó, pois foi abandonado pela mãe e sequer conheceu o pai. Vai dizer que sofreu bullying na escola, além de ter sido abusado na infância. Vai dizer que é um rapaz trabalhador, que apenas luta por um país melhor...snif! Snif! | Denuncie |

Autor: Leonardo Carvalho
Sem passagem na PM, um pedido de liberdade provisoria e tá ele nas ruas de novo. Eita Brasilzão! | Denuncie |

Autor: SERGIO DOURADO
O país e autoridade alguma pode falar de quebra de segurança pública pois isso n existe aqui:95% dos assassinatos no Brasil de mais de 50.000 mortes nem sequer são investigados e menos de 10% dos roubos tbm.Ou seja:JÁ N HÁ ORDEM E LEI DESDE DÉCADAS ATRÁS! | Denuncie |

Autor: SERGIO DOURADO
Essas ações são orquestradas pelo Black Block q o Gilberto Carvalho encontrou recentemente!?Por que não mostram de onde saíram esses "líderes" q estão perto do poder e longe da polícia?O povo mesmo,q manifesta legitimamente,é q está comendo bomba aí... Revoltante ao fígado... | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.