SP muda rotina e ruas ficam quase vazias antes do jogo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 23/06/2014 22:07

Agência Estado

São Paulo, 23 - Não houve feriado nem caos em São Paulo nesta segunda-feira, 23, quando a cidade enfrentou o maior desafio de mobilidade da Copa: receber um jogo na Arena Corinthians poucas horas antes de a seleção brasileira entrar em campo. O pico de lentidão foi de 88 km, às 14h. Antes e depois, as ruas ficaram livres dos engarrafamentos.

Para se ter uma ideia de como o trânsito ficou bom, com jeito de domingo, às 16h, pouco depois do término da partida entre Chile e Holanda na Arena Corinthians, e faltando uma hora para Brasil e Camarões (em Brasília), a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrava 6 km de filas. Há uma semana, quando Brasil e México se enfrentaram em Fortaleza, a lentidão no horário era de 302 km, o terceiro pior índice de todos os tempos.

Nesta segunda, os paulistanos se preveniram. Outro fator que contribuiu foi o rodízio ampliado para as placas de final 1 e 2 e a extensão do horário de funcionamento das faixas exclusivas de ônibus - medida adotada pelo prefeito Fernando Haddad, após não obter aval da Câmara para decretar feriado.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.