17°/ 30°
Belo Horizonte,
31/OUT/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Inverno no RS deve ser menos rigoroso, segundo MetSul Segundo a empresa de meteorologia MetSul, o inverno deste ano não será tão rigoroso quanto o de 2013, quando diversos dias tiveram mínimas negativas, e chegou a nevar em locais inesperados

Agência Estado

Publicação: 22/06/2014 19:31 Atualização: 22/06/2014 19:37

Porto Alegre, 22 - O inverno começou oficialmente neste sábado, 21, mas, ao menos no Rio Grande do Sul, as temperaturas muito baixas, típicas da estação já se apresentam há dez dias. Marcas negativas e geada foram registradas em pontos do Estado na última semana. Neste domingo, 22, porém, o céu esteve limpo e a temperatura muito agradável.

Em Porto Alegre, no fim da tarde deste domingo, no horizonte a oeste, nuvens espessas se aproximavam. É a chuva chegando - e que deve permanecer sobre a região até a quarta-feira, 25, dia da partida entre Argentina e Nigéria.

Segundo a empresa de meteorologia MetSul, o inverno deste ano não será tão rigoroso quanto o de 2013, quando diversos dias tiveram mínimas negativas, e chegou a nevar em locais inesperados, como na capital catarinense, Florianópolis.

"Jornadas de calor são normais na estação fria e costumam ocorrer na presença de vento norte que pode ter rajadas fortes sob influência de correntes de jato de baixos níveis, especialmente em agosto e setembro. Mas que ninguém se engane, porque teremos alguns dias e períodos com temperatura bastante baixa, marcas negativas e geada. Já a neve pode ser prevista somente no curto prazo, mas pela história estatisticamente é muito raro ver dois anos seguidos com nevadas nas proporções espetaculares vistas em 2013", avalia o meteorologista Eugenio Hackbart.

O especialista chama a atenção para o volume de chuva neste inverno no território gaúcho. "A maioria das regiões deve ter precipitação acima da média, especialmente nas metades Oeste e Norte do Estado. Alerta-se para o risco de episódios pontuais de chuva em volumes excessivos, o que pode trazer transtornos e cheias de rios", salienta.

Ventos fortes, comuns nesta época, são esperados. O mesmo vale para granizo e temporais localizados. "O RS está sujeito ainda no inverno a dias de vento muito forte, acima de 100 km/h com ressaca no mar, quando da atuação de ciclones extratropicais intensos", explica Hackbart.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.