Seguranças ficam feridos em invasão a sítio de presidente da Alerj

Houve troca de tiros e dois policiais militares que faziam a segurança do parlamentar peemedebista acabaram feridos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 22/06/2014 17:22

Agência Brasil

O sítio do presidente da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), Paulo Melo, em Rio Bonito, no interior do estado, foi invadido no final da noite de sábado por um grupo de homens armados. Houve troca de tiros e dois policiais militares que faziam a segurança do parlamentar peemedebista acabaram feridos. Paulo Melo torceu o pé ao tentar se refugiar e foi operado nestae domingo no Hospital Regional Darcy Vargas, em Rio Bonito, cidade que fica a pouco mais de 70 quilômetros do Rio.

Na casa, estava também a mulher de Paulo Melo, Franciane, que é prefeita da cidade de Saquarema, na Regão das Baixadas Litorâneas, além de amigos do casal, que conversavam numa área de lazer do sítio.

Os dois policiais chegaram a ser socorridos no Hospital Darcy Vargas, mas de lá foram transferidos para o Hospital Central da Polícia Militar (PM), no Estácio, região central do Rio. A PM e a Polícia Civil chegaram a fazer buscas na região, mas nenhum dos criminosos foi localizado.

Policiais da 119ª Delegacia Policial (Rio Bonito) realizaram perícia no sítio ontem à noite e três funcionários da propriedade já prestaram depoimento. As imagens do circuito interno do local também serão analisadas. Os investigadores continuam realizando diligências em busca dos criminosos e aguardam a alta médica do deputado estadual Paulo Melo e dos policiais feridos para que eles sejam ouvidos.

Ainda na noite de ontem, agentes da Coordenadoria de Recursos Especiais auxiliaram nas buscas aos bandidos. Até o momento, nenhuma linha de investigação foi descartada.

Em nota oficial, a Assembleia Legislativa informou que, depois de ter sua propriedade em Rio Bonito invadida por bandidos armados, Paulo Melo submeteu-se a uma cirurgia ortopédica de emergência no Hospital Darcy Vargas, o mesmo em que os dois seguranças atingidos foram atendidos inicialmente. No momento, o presidente da Alerj está no Hospital Copa D'Or, na zona sul da capital, para submeter-se a nova cirurgia.

O caso encontra-se sob investigação da Delegacia de Homicídios de Niterói, região metropolitana do Rio.
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.