15°/ 23°
Belo Horizonte,
20/AGO/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Pontos turísticos de Brasília têm horário especial de funcionamento

Agência Brasil

Publicação: 17/06/2014 10:00 Atualização:

O jogo do Brasil nesta terça-feira (17) vai provocar mudanças nos horários de funcionamento dos principais pontos turísticos da capital. Os turistas que já estão em Brasília para o próximo jogo, na quinta-feira (19), devem ficar atentos às modificações nos horários de funcionamento.

Quem for passear pela Esplanada dos Ministérios e quiser visitar os principais pontos turísticos deverá ir de manhã. O Palácio Itamarty e o Congresso Nacional só terão visitas até as 11h em dias de jogos do Brasil e de jogos em Brasília. O Palácio do Planalto receberá visitantes até as 11h30 nesses dias e o Supremo Tribunal Federal até as 12h30. O Centro Cultural dos Três Poderes, localizado na praça de mesmo nome, ficará aberto das 9h às 18h.

O visitante que optar por outros pontos no Eixo Monumental poderá visitar o Memorial JK até as 12h e o Planetário até as 14h. O Planetário tem em exibição as projeções A Origem da Vida e Meu Pedacinho de Vidro, que prometem ser bons atrativos para crianças e adolescentes, além de ficar bem próximo ao Estádio Nacional de Brasília. O Museu Nacional da República manterá seu horário normal de funcionamento, das 9h às 18h30, assim como o Memorial dos Povos Indígenas, que abrirá das 9h às 17h.

Os turistas que quiserem comparar a residência atual da presidenta Dilma Rousseff com a primeira residência oficial do presidente Juscelino Kubitschek em Brasília não poderão fazer as duas visitas nesta terça. O Palácio da Alvorada ficará fechado em dias de jogos do Brasil ou de jogos em Brasília, mas reabre nesta quarta-feira com visitas das 15h às 17h. Já o Catetinho, que reúne o mobiliário e objetos da época da construção da capital, ficará aberto das 9h às 17h.

Os interessados nos templos poderão visitar a Catedral Metropolitana de Brasília, que ficará aberta das 8h às 18h, e o Templo da Boa Vontade, que tem a sala em espiral aberta 24 horas. Na primeira, o visitante poderá ver as esculturas de Alfredo Ceschiati, Os Evangelistas, logo na entrada, além dos três anjos suspensos na nave, que também é decorada por vitrais de Marianne Peretti. No segundo, será possível conferir o cristal gigante posicionado no topo do edifício, construído em forma de pirâmide, voltado para o centro da sala em espiral.

Quem tiver interesse em artesanato também poderá visitar a Feira da Torre de Televisão, onde é possível encontrar comidas típicas de vários estados do Brasil e subir ao mirante para ter vista privilegiada do Plano Piloto. Também poderá visitar o espaço do Maior São João do Cerrado, na Fifa Fan Fest, em Taguatinga, onde vários artesãos estão com estandes montados.

A expectativa da Secretaria de Turismo do Distrito Federal é que Brasília receba 490 mil turistas durante a Copa e muitos deles já começaram a chegar, aumentando o movimento dos principais pontos da cidade e os grupos de visitas guiadas. No Congresso Nacional, por exemplo, a estimativa é que o movimento tenha subido cerca de 30% na última semana, com pico no último sábado (14), que foi véspera de jogo na capital.

Naquele dia, 1.374 pessoas fizeram a visita guiada pela Câmara e pelo Senado – número que não contabiliza os que foram às duas Casas, mas não fizeram o tour guiado. No sábado anterior, quando a Copa do Mundo ainda não tinha começado, o número de visitantes tinha sido 841. Nessa segunda-feira (16), foram 354 visitantes, mais que o dobro da segunda-feira anterior (9), quando foram recebidos 148 turistas.

Segundo a chefe da Visitação no Senado, Marina Domingos, o número de turistas durante a semana costuma ser bem menor que nos fins de semana porque há restrições de vestimentas, e os turistas de ocasião muitas vezes se veem impedidos de entrar para o tour. Nos dias úteis, é proibido entrar no Congresso Nacional de bermudas, chinelos e camiseta regata.

Ainda de acordo com Marina, os brasileiros são maioria nas visitas, mas até agora têm comparecido muitos equatorianos, suíços e americanos. Em geral, o ponto alto do tour é a entrada nos plenários da Câmara e do Senado. “Todo mundo gosta de tudo, mas os plenários são os que mais agradam. As pessoas geralmente não sabem que vão poder entrar nas cúpulas do Congresso. Então, quando elas se veem lá dentro, ficam muito felizes”, conta.

Outros pontos altos da visita incluem a passagem pelas obras de arte do prédio. Fazem parte do acervo, obras de artistas ilustres como Athos Bulcão, Marianne Peretti, Alfredo Ceschiatti, Di Cavalcanti e Burle Marx.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.