12°/ 23°
Belo Horizonte,
23/JUL/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

País não teve problemas nos aeroportos, diz ministro Apesar do grande aumento no número de voos durante o início da Copa, a porcentagem de atrasos e cancelamentos ficou dentro do limite padrão

Agência Estado

Publicação: 16/06/2014 14:31 Atualização: 16/06/2014 14:54


O ministro da Secretaria de Aviação Civil (SAC), Moreira Franco, afirmou que o País não registrou problemas nos aeroportos durante a Copa do Mundo. Segundo ele, os índices de atrasos e cancelamentos são extremamente baixos. "Nós não temos tido problemas até agora. Os fatos ocorridos são fatos que estão dentro do que já tínhamos nos organizado para enfrentar, nada grave. Do ponto de vista da infraestrutura aeroportuária, funcionou muito bem. Claro que isso decorre de um esforço muito grande que o País fez no sentido de aumentar nossa infraestrutura nos aeroportos", declarou em entrevista coletiva sobre o fluxo de turistas e o funcionamento dos aeroportos durante o mundial de futebol, no Rio de Janeiro.

Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), cerca de 430 mil pessoas passaram pelos 20 principais aeroportos do País durante o primeiro sábado de Copa do Mundo. Desde o dia 11, o índice de atrasos nos aeroportos do País está em 4,2%, enquanto o de cancelamentos alcançou 8,2%. "Minha expectativa é que nas próximas semanas possamos manter o mesmo padrão de atendimento", disse o ministro da Aviação.

O diretor-presidente da Anac, Marcelo Guaranys, informou que os indicadores estão dentro do esperado em todas as regiões do País. No Recife, o índice de atrasos está em 3,23%, enquanto em Confins chegou a 10,34%. Segundo ele, a Anac estima um pico de até 15% para atrasos de voos, enquanto os cancelamentos devem oscilar entre 5% a 10%. "Os números estão totalmente dentro do padrão de normalidade", garantiu Guaranys.

Participaram também da coletiva o ministro do Turismo, Vinicius Lages, e o presidente da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), Gustavo do Vale.

Aumento de passageiros

O crescimento constante do número de passageiros que passam todos os anos pelos aeroportos do País deve mudar o conceito de aeroporto pronto, segundo o ministro da Aviação Civil, Moreira Franco.

"Aeroporto pronto é um conceito que vamos ter de, daqui para frente, tratar com muito cuidado. A taxa de crescimento de passageiros chega a 11% ao ano. Os aviões crescem. Então vamos permanentemente fazendo intervenções nos aeroportos, para garantir área disponível para os passageiros e para os aviões", disse Moreira Franco.

O ministro contou ainda que o consórcio vencedor da concessão de administração do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, o Galeão, apresentará em agosto o plano de exploração para o aeroporto à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

"(O Aeroporto) Tem de estar pronto até abril de 2016", afirmou Marcelo Guaranys, diretor-presidente da Anac, lembrando que o contrato firmado com o governo prevê a instalação de 26 novas pontes de embarque e instalação de mais 68 pontos de check in, entre outros itens.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.