19°/ 25°
Belo Horizonte,
24/NOV/2014
  • (23) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Pai que tirou filho de protesto na rua de SP ganha apoio nas redes sociais O pai tirou a camiseta do rosto do filho, dizendo: "Você não é criado para isso. Eu trabalho para te sustentar, não é para você esconder a cara"

Estado de Minas

Publicação: 14/06/2014 06:42 Atualização: 14/06/2014 17:34

Ativista Elisa Quadros, a Sininho, foi indiciada pela participação nas manifestações violentas em junho de 2013  (Fernando Frazão/Agência Brasil)
Ativista Elisa Quadros, a Sininho, foi indiciada pela participação nas manifestações violentas em junho de 2013

São Paulo
– A atitude do pai que tirou o filho de um protesto contra a Copa do Mundo, na manhã de quinta-feira, no Centro de São Paulo, quando afirmou que ele teria direitos quando trabalhasse, teve grande repercussão nas redes sociais, ontem. “Você vai ter o seu direito quando trabalhar e ganhar seu dinheiro”, dizia o homem (não identificado) ao abordar o filho mascarado. O jovem, chamado de Renan, de 16 anos, respondia afirmando que queria “estudo”. “Deixa eu protestar. Eu quero estudo”. “Não me interessa. Você já tem. Eu pago sua escola”, dizia o pai. A mãe acompanhou os fatos emocionada, ao lado. O homem puxou o garoto quando os manifestantes começaram a hostilizar. Os três saíram do local do protesto a pé.

O pai tirou a camiseta do rosto do filho, dizendo: “Você não é criado para isso. Eu trabalho para te sustentar, não é para você esconder a cara”. E o filho respondia: “Eu quero escola, eu quero saúde. Deixa eu protestar. Minha avó quase morreu num hospital público. Você acha certo isso? Pelo amor de Deus, deixa eu correr atrás. Tanta gente morrendo. Deixa eu fazer a minha parte, ajudar um pouco. Eu sei que eu tenho 16 anos. Eu não vou me machucar, relaxa”. E o pai insistia: “Eu pago a sua escola. Eu e sua mãe trabalhamos para te sustentar. Vamos para casa, por favor, Renan. Você não vai mudar o mundo. Meu filho, você tem 16 anos, não é a hora agora. Eu te amo, cara. Você é meu filho. Eu estou pedindo demais? Renan, um passo de cada vez”. No fim, o adolescente foi convencido a ir para casa.

A discussão entre pai e filho foi um dos principais assuntos entre moradores e comerciantes do Tatuapé na manhã de ontem, ao lado do rastro de destruição deixado pelo protesto do dia anterior. Em uma padaria, cadeiras de plástico foram queimadas. Funcionários de um posto de gasolina disseram que manifestantes roubaram galões de óleo usado para atear fogo em barricadas. Enquanto tentavam descobrir quem era o pai que tirou o filho do protesto, vizinhos parabenizavam a atitude: “Pelo menos esse senhor foi atrás do filho. Quantos outros pais sabem que os filhos estão no meio da confusão e os deixam lá. Acho que não tem problema protestar, desde que não faça besteira, não quebre nada”, disse o aposentado Raimundo Siqueira, de 71 anos.

Sininho indiciada


Elisa de Quadros Sanzi, ativista e produtora de cinema, conhecida como Sininho, está indiciada no inquérito da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) que apura responsabilidades por atos violentos em protestos no Rio de Janeiro, iniciados em junho do ano passado. A informação é do advogado de defesa de Sininho, Marino D' Icarahy. A investigação está sob sigilo, segundo a Polícia Civil. A ativista compareceu, na manhã de ontem, à delegacia na Cidade da Polícia, no Jacaré, subúrbio da cidade. No entanto, de acordo com a defesa, ela se recusou a prestar depoimento, por desconhecer as acusações. “Ela não pode fazer isso sem sabermos os detalhes da acusação. Eu vou pedir vista dos autos no inquérito na 27ª Vara Criminal para entender melhor o caso”, explicou Marino D' Icarahy. Segundo ele, brevemente a ativista vai se pronunciar publicamente sobre o caso.


Esta é a segunda vez que Sininho vai à delegacia para falar sobre atos violentos ocorridos em manifestações. Ela esteve ali na quarta-feira depois que seu computador foi apreendido durante uma operação que teve como alvos pessoas ligadas a black blocs, segundo a polícia. Ela não foi ouvida no dia 11 porque estava arrolada como testemunha na audiência de instrução do processo que apura a denúncia contra dois policiais militares que teriam forjado um flagrante contra um jovem em uma manifestação no Centro do Rio, em 2013.
Tags:

Esta matéria tem: (23) comentários

Autor: Gerson Rezende Silva
Reinaldo Faria. SUS? O tem presidente Lula o frequente? Sua doença foi tratada em um hospital do SUS ou no Sírio? A Dilma, também, se tratou no SUS? Deixa de ser burro. Abra o olho. Deixe de lado esse discurso bolivariano. Estamos no Sec. XXI. Enquanto você o defende ele como do bom e do melhor. Pára | Denuncie |

Autor: antonio filho
Carlos Aberto. Esta claro que este nao ,e filho DIlma ........ | Denuncie |

Autor: Danilo Passos
Parabéns, pai nota 1000. Protesto é nas urnas. Protesto também pode ser na rua, mas sem depredar patrimônio público. | Denuncie |

Autor: Meirelles Sr.
Reinaldo, o PT do seu Lula fez tanto pela saúde que podemos resumir a preocupação deste governo com a Lei Fenomenal: Não se faz Copa com hospital... Os 20 bilhoes para Copa não resolveria todos os problemas, mas iria aliviar o sofrimento de muita gente. | Denuncie |

Autor: Meirelles Sr.
Quebrando tudo ou não as manifestações estão dando resultados. Podemos ver que a Dilma ficou acuada no fundo da tribuna durante a abertura da copa. Tava num medo só de ser vaiada (muitíssimo)... | Denuncie |

Autor: Fernando Fernando
Parabéns ao pai, a família é a base da sociedade! E Sininho é apelido de marginal, quem depreda o patrimônio do povo tem que ir para a cadeia! | Denuncie |

Autor: sylvio Mauro
Esses black blocks são os petralhas de 1964, são os" zés dirceus, dilmas e cia" da vida, que com discurso mentiroso iniciam suas caminhadas rumo ao poder. Primeiro eles vandalizam, depois se candidatam a cargos políticos. Entram para o time do ganho fácil para si e foda-se a sociedade. Essa é velha! | Denuncie |

Autor: Aristoteles Macedonio
Parabens a estes pais. A verdadeira educação e formação é dada pela família. O que o governo não dá é instrução. O nosso instrumento de mudança é o voto. País é uma coisa artificial, quantos já existiram e acabaram ao longo da história. A família e os amigos é o que temos de concreto em nossas vidas | Denuncie |

Autor: Marcos Napier
Será que essa Sininho já entrou em alguma favela na vida, pra poder usar essa camisa? Duvido. A não ser que... bem, deixa pra lá. | Denuncie |

Autor: Rogerio Mazombo
Filho menor, pai responsável por ele. Além disso, o filho vive na dependência dos pais. O problema todo é protestar mascarado: tem que obedecer porque ainda não tem autonomia prá isso, legal e econômica. Se maior, que o filho responda pelos seus atos, porque hoje seriam seus pais (e não o PT...). | Denuncie |

Autor: Lázaro Damaceno
ESSE PAI É NOTA MIL, SE TODOS OS PAIS TOMASSE ATITUDE SEMELHANTE, TALVEZ AS COISAS ESTARIAM MELHORES. ALEM DESSAS QUEBRADEIRAS POR AI, EXISTE MUITAS COISAS RUINS QUE UM ADOLESCENTE PODE SER INFLUENCIADO. UMA ATITUDE DE UM PAI NO MOMENTO CERTO, O EFEITO VAI VALER PARA A GERAÇÃO SEGUINTE. | Denuncie |

Autor: Marco Pereira
O ser humanos está chegando numa condição de ser merecedor de penalidades severas para que não cometa o que que estamos vendo atualmente. Daí, as prisões e penalidades como multas, pagar o que danificou e aí, quem sabe um dia o ser humano evolua realmente e seremos racionais de fato. | Denuncie |

Autor: VICENTE
A família é a base de tudo. A educação não vem do governo, vem dos pais. O que eu tenho visto é muitos filhos de chocadeira por aí. Parabéns ao pai, parabéns à mãe. Ano passado também eu vetei meu filho de participar.Educação vem do berço. | Denuncie |

Autor: Marco Pereira
Se não serve para ajudar que não atrapalhe...não é assim que dizem? que venham com idéias para que toda a sociedade possa usufruir. Quebrar, xingar, vandalizar leva para qual lugar o ser humano? Tem que prender sim e conforme o caso pelo danos, fazer a pessoa pagar o que danificou. | Denuncie |

Autor: Barcelos D2
Eu faria o mesmo! O que falta é isto! Atitude! Muitos marginais mirins estão ai por falta de atitude energica, falta de chamar atenção! Ser pais de verdade! | Denuncie |

Autor: Rodrigo Andrade
Até porque esse negócio de protesto não funciona mais, não dá resultado, pois virou modinha. Basta vocês verificarem o que mudou DE VERDADE na saúde, educação, infraestrutura e segurança, desde os protestos de 2013. Os políticos não estão nem aí, pois sabem que o povo esquece tudo rapidamente. | Denuncie |

Autor: André Lustosa
Ainda bem que o pai conseguiu tirar o filho da rua. TEm uns filhos aí que levam pedrada na cabeça e ficam com uma marca na cara pro resto da vida. Mudou o que ? Mudar é na hora do voto. Quem vota errado acaba indo pra rua. | Denuncie |

Autor: Reinaldo Faria-Tavares
Sabemos que o atraso da saúde e ensino no Breasil é secular. Como resolver em 12 anos? O trabalho é hercúleo. Lula iniciou e a coisa melhorou demaisssss, não sejamos injustos. Quem vai ao SUS nota, quem não vai, agarre-se à Globo e à Veja e saia às ruas equivocadíssimo, para protestar. | Denuncie |

Autor: ulisses souza
Carlos Alberto,que você entende de liberdade?Quem esconde cara é bandido.Fazer vandalismo,fechar transito por horas é certo? E esse menino machucasse serio,já pensou nisso,quem é você para dizer que os pais não valem nada lixo é você,tudo é PT, IDIOTAS COMO VOCÊ QUE SÃO CRUCIFICADOS. | Denuncie |

Autor: Carlos Eduardo
Fico feliz em saber que ainda existe um pai assim. É o melhor exemplo do resgate de um dos valores familiares mais importantes: respeito aos mais velhos (raro hj em dia). | Denuncie |

Autor: julio oliveira
Parabéns PAI. As mudanças só podem vir das urnas e não destas badernas feitas por bandidos. Proteja o caráter de seu filho antes que eles deturpam o garoto. | Denuncie |

Autor: Alziro Ribeiro da Silva
Este pai só merece elogios e parabéns pelo zelo que mostrou com a sua cria, a sua frase foi perfeita quando disse que ele não foi criado para isso, se o país está mal administrado as mudanças tem que ser feita nas urnas em outubro próximo.Concorda comigo? | Denuncie |

Autor: carlos bertoline
Impediu a liberdade de um adolescente, forçou o filho a ir para casa, humilhou o filho na frente dos amigos. Esse senhor vai ser enquadrado na nova lei petista, a chamada lei da palmada. É a GERAÇÃO PT. Os pais não valem nada nos dias de hoje. Esse pai será crucificado como exemplo. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.