18°/ 27°
Belo Horizonte,
22/SET/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Protesto contra a Copa no Rio de Janeiro tem primeiro confronto Batalhão de choque foi acionado, protesto tem a participação dos profissionais do ensino público, que estão em greve

Estado de Minas

Publicação: 12/06/2014 13:43 Atualização: 12/06/2014 14:57

 (Reuters)

Uma grande confusão se formou próximo aos Arcos da Lapa, no Rio de Janeiro, durante o protesto realizado contra a Copa da Mundo nesta quinta-feira. O conflito começou no momento em que um homem foi detido pela PM. Os manifestantes gritaram contra a ação da polícia, houve troca de empurrões e os militares usaram gás de pimenta, bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha contra o grupo. Dois homens que participavam do ato foram detidos pelos policiais. Uma mulher arremessou uma lata de cerveja contra os PMs e também foi detida.

Pelo menos três pessoas foram detidas. O tumulto ocorreu em um ato que reúne diversos grupos, entre estudantes, professores grevistas e black blocs. Os manifestantes iniciaram a marcha na região da Candelária de forma pacífica mas, ao chegarem na Lapa, começou o tumulto. Após o confronto a multidão se dispersou pelas ruas do entorno e uma banda que toca marchinhas de carnaval se aproximou. Alguns manifestantes deixaram o local e seguiram para Copacabana, onde está marcado um protesto em direção a Fan Fest da Fifa.

A Polícia Militar do Rio inaugurou nesta quinta os equipamentos de filmagem com transmissão online, a exemplo do que fazem ativistas da chamada mídia livre desde o início das manifestações no Brasil, em 2013. As imagens vão para o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) da Secretaria de Segurança do Estado. Um sargento do Batalhão de Polícia de Choque (BPChq), que opera o equipamento, chegou a ser cercado, nesta quinta-feira, por militantes e jornalistas na esquina da rua Araújo Porto Alegre com Avenida Rio Branco, mas não houve confronto.

(Com Agência Estado)

Confrontos começaram depois que a polícia tentou deter um manifestante (REUTERS/Pilar Olivares )
Confrontos começaram depois que a polícia tentou deter um manifestante
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.