Estudantes da UnB fazem assembleia para definir rumos da ocupação à reitoria

O Diretório Central dos Estudantes é contra os processos administrativos, mas também considera ilegítima a ocupação da reitoria

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 10/06/2014 10:00

Agência Brasil

Os alunos da Universidade de Brasília (UnB) que ocupam a reitoria da instituição convocaram para esta terça-feira, ao meio-dia, uma assembleia geral de estudantes para discutir os rumos da mobilização.

Na quinta-feira (5), após reunião com o reitor Ivan Camargo, alguns alunos insatisfeitos decidiram invadir e ocupar o gabinete da reitoria em protesto contra processos relativos ao denominado catracaço e aos danos provocados durante festas no Instituto Central de Ciências, conhecido como minhocão.

O catracaço aconteceu em fevereiro do ano passado, quando alunos liberaram as catracas do restaurante universitário por quatro dias, reivindicando melhorias no sistema de assistência estudantil. Segundo a universidade, os prejuízos somam R$ 29 mil. Oito estudantes respondem a processo administrativo e podem ter que pagar os prejuízos à empresa que administra o restaurante.

Segundo o reitor, as festas no minhocão também trouxeram prejuízos por causa da sujeira espalhada e laboratórios e banheiros depredados. Por isso, processos administrativos estão sendo movidos contra os centros acadêmicos. Os estudantes dizem que as festas são formas de integração estudantil e pedem um conselho paritário para definir as regras de convivência dentro da universidade.
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.