MG: ato de servidores dura 5 horas e interdita estrada

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 04/06/2014 19:19

Agência Estado

Belo Horizonte, 04 - Depois de aproximadamente cinco horas, servidores estaduais da Educação de Minas Gerais encerraram, no fim da tarde desta quarta-feira, 4, um protesto que interditou completamente o trânsito na MG-010, acesso para o Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte. A categoria está em greve desde 21 de maio e promoveu a manifestação em frente à Cidade Administrativa, sede do governo mineiro.

O protesto, que teve início no fim da manhã, causou congestionamento de pelo menos seis quilômetros no sentido Centro-Confins, mas terminou sem registro de ocorrências, segundo a Polícia Militar Rodoviária. Cerca de 200 pessoas participaram do ato. De acordo com a direção do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE/MG), a manifestação foi organizada para tentar obrigar o governo a negociar a pauta de reivindicações apresentada em janeiro, que inclui, entre outros itens, o pagamento do piso nacional da categoria.

As pistas foram liberadas após a secretária de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena, agenda reunião com representantes da categoria. Mas, em nota, a Secretaria de Estado da Educação (SEE) ressaltou que os trabalhadores já tiveram reajuste de 5% em outubro passado, que o governo paga "valor superior ao estabelecido pelo Ministério da Educação" e que o Estado tem "um dos melhores sistemas de educação básica" do País.PS
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.