SP exporta a Estados sistema que descobriu fraude do ISS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 03/06/2014 20:01

Agência Estado

São Paulo, 03 - Procuradores dos Ministérios Públicos de Contas de 16 Estados assinaram na tarde desta terça-feira, dia 3, um termo de cooperação com o MPC de São Paulo e com a Controladoria-Geral do Município para usar o sistema de fiscalização de servidores que permitiu a descoberta da Máfia do ISS, grupo suspeito de desviar até R$ 500 milhões da Prefeitura. O sistema permite uma comparação rápida entre a renda do servidor e os bens que ele possui. É uma forma tida como eficaz para encontrar corruptos.

O interesse dos Ministérios Públicos de Contas surgiu há cerca de um mês, quando o MPC Paulista assinou acordo com a Prefeitura para usar o sistema. Os procuradores paulistas divulgaram a metodologia para os colegas dos demais Estados e auxiliaram nas negociações. A proposta é que os procuradores usem a ferramenta para exigir e analisar bens de juízes, promotores, deputados, vereadores e conselheiros de tribunais de contas.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.