18°/ 23°
Belo Horizonte,
26/OUT/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Ônibus fica só 1 km/h mais rápido com faixas

Agência Estado

Publicação: 01/06/2014 08:19 Atualização:

São Paulo, 01 - Aposta da gestão Fernando Haddad (PT) para melhorar a qualidade dos ônibus, as faixas exclusivas à direita em grandes vias de São Paulo elevaram a velocidade dos coletivos em apenas 1 quilômetro por hora. Dados da São Paulo Transporte (SPTrans) indicam que, no ano passado, quando houve o "boom" das faixas após as manifestações de junho, os ônibus rodaram a 17 km/h no horário de pico da manhã, ante 16 km/h nos três anos anteriores. À tarde, a média foi de 16 km/h - entre 2009 e 2012, era de 15 km/h.

Para o engenheiro especializado em Trânsito e Transportes Alexandre Zum Winkel, a maioria dos ônibus não foi beneficiada pelas faixas exclusivas. "Em alguns trechos onde fizeram as faixas, houve um grande ganho. Mas, em outros, a velocidade dos ônibus caiu porque o trânsito piorou e lá esses veículos sofrem tanto quanto carros na lentidão."

O reflexo do trânsito é sentido por motoristas de carros. O publicitário Herber Lima, de 33 anos, por exemplo, diz que as faixas exclusivas foram instaladas a esmo na cidade. "A faixa é necessária, mas foi mal implementada. No centro, tem ônibus na faixa da esquerda e na faixa exclusiva da direita", afirma. Ele se refere ao que acontece no Viaduto Dona Paulina, na Praça da Sé, onde o elevado tem coletivos dos dois lados, sobreposição de linhas e trânsito.

A proposta de Haddad era instalar 150 km de faixas exclusivas - hoje, a cidade já tem 333,1 km. Diante dos números, a SPTrans informa que há casos de faixas em que o desempenho dos ônibus ficou bem acima da média geral da cidade. Na Radial Leste, entre julho e o mês retrasado, a velocidade dos coletivos no sentido centro foi de 27,5 km/h. No rumo oposto, de 25,8 km/h. Na Marginal do Tietê, os ônibus trafegam a 28,9 km/h no sentido Rodovia Ayrton Senna, em uma faixa inaugurada em junho do ano passado. As informações são do jornal

O Estado de S. Paulo.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.