Roberto Carlos não irá à Justiça contra autor de biografia

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 31/05/2014 06:00 / atualizado em 31/05/2014 07:54

Tulio Santos/EM/D.A Press

O cantor Roberto Carlos não entrará na Justiça contra o livro O réu e o Rei, de autoria do jornalista Paulo César de Araújo, em que o ator conta a história da batalha judicial que enfrentou ao divulgar a biografia Roberto Carlos em detalhes (Ed. Planeta), publicada em 2006 e retirada das livrarias após acordo na Justiça entre César, editora e o artista. A decisão sobre o novo livro de Araújo foi anunciada ontem, por meio de nota assinada pelo advogado do artista, Marco Antônio Campos. Ele ressaltou que o livro não é uma biografia de RC, mas uma autobiografia do autor, e que, ao contrário do livro anterior, a obra não contém invasão de privacidade e/ou injúrias ou difamações à pessoa do canto.

Por sua vez, a editora da obra informou: “A Companhia das Letras considera o livro de Paulo César Araújo, O réu e o Rei, um marco na história da luta pela liberdade de expressão no Brasil, e em particular da luta pela liberdade de publicação de biografias e livros que retratem a história do nosso país. Como todos os editores, aguardamos agora que o Senado dê continuidade à tramitação do projeto da nova lei das biografias”.

SEM ALARDE

O réu e o Rei chegou às livrarias sem a habitual divulgação de obras do tipo, mas já é o segundo colocado na lista dos mais vendidos de não ficção – a tiragem foi de 30 mil cópias. Hoje é possível barrar biografias feitas sem a autorização de biografados ou herdeiros por meio de dois artigos do Código Civil. A Câmara dos Deputados aprovou há dias um projeto que permite a publicação de biografias sem autorização. O texto seguiu para o Senado Federal e, caso seja aprovado, vai à sanção presidencial.
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.