10°/ 20°
Belo Horizonte,
31/JUL/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Dengue: SP tem 6 distritos em nível de emergência

Agência Estado

Publicação: 30/05/2014 14:37 Atualização:

São Paulo, 30 - O número de casos de dengue registrados na cidade de São Paulo neste ano passou para 6.896, segundo balanço da Secretaria Municipal da Saúde divulgado nesta quinta-feira, 29. Seis distritos da cidade têm transmissão da doença em nível de emergência. Há uma semana, a capital tinha 6.005 registros da doença, alta de 14,8%. Em relação ao mesmo período do ano passado, o número de casos quase quadruplicou. De janeiro a maio de 2013, foram registrados 1.794. De acordo com a Prefeitura, a diferença não corresponde apenas a casos novos da doença, mas, sim, de pacientes que tiveram dengue em meses anteriores, mas cujo diagnóstico só foi confirmado agora, após a realização de exames. Apesar do aumento de casos, a tendência é de queda na contaminação.

O pico da transmissão aconteceu em abril, quando a cidade tinha cerca de 1 mil novos casos por semana. Nos balanços seguintes, o número de registros semanais vêm caindo. O caso mais crítico continua sendo o do Jaguaré, na zona oeste, que tem índice de 1.943 casos por 100 mil habitantes. Ao lado de Rio Pequeno, Lapa, Raposo Tavares, Vila Jacuí e Tremembé, ele é um dos seis distritos que estão em nível de emergência.

O novo balanço mostra que outros quatro distritos passaram a ter índice de incidência acima do normal na cidade: Campo Limpo (zona sul), Cidade Líder (zona leste), Jaraguá (zona norte) e Raposo Tavares (zona oeste). Eles ultrapassaram a marca de 100 casos por 100 mil habitantes, taxa de incidência média, segundo o Ministério da Saúde. Outros 11 distritos já haviam ultrapassado esse índice nas semanas anteriores.

Desde o dia 1º de janeiro, a cidade já registrou cinco mortes por complicações da doença. Em todo o ano passado, foram dois óbitos na capital paulista. A Prefeitura afirma que vem realizando ações de combate a dengue em toda a cidade, como bloqueio de criadouros do mosquito Aedes aegypti, nebulização contra insetos adultos e vistoria de imóveis.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.