Indígenas fazem protesto no DF em defesa dos direitos territoriais e contra deputado racista

Segundo organização do ato, grupos nativos devem permanecer na cidade até quinta-feira

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 27/05/2014 16:01 / atualizado em 27/05/2014 16:07

Correio Braziliense

Evaristo Sá/AFP

Cerca de 200 indígenas de diferentes povos do Brasil se reuniram na Praça dos Três Poderes, na manhã desta terça-feira (27/5). De acordo com o Comitê de Comunicação da Mobilização Nacional Indígena, os índios protocolaram no Supremo Tribunal Federal (STF) uma queixa contra os deputados Luís Carlos Heinze (PP-RS) e Alceu Moreira (PMDB-RS).

Evaristo Sá/AFP

O documento faz referência às ofensas do deputado Heinze em novembro de 2013. Em uma audiência pública, Heinze disse que "índios, quilombolas, gays e lésbicas são tudo o que não presta”. No mesmo dia, os dois deputados teriam dito que os produtores rurais deveriam contratar segurança privada para expulsar os índios das terras.

Entre as pautas do movimento indígena, que fica em Brasília até esta quinta-feira (29/5), estão, a defesa dos direitos territoriais dos povos indígenas.

Por telefone, o deputado Heinze disse ao Jornal Correio Braziliense que não tem mais nada para comentar sobre o caso.
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.