Fuzileiros que fazem segurança da Copa são indiciados

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 26/05/2014 19:31

Agência Estado

RECIFE, 26 - Um grupo de dez fuzileiros navais que integram o esquema de segurança para a Copa do Mundo em Pernambuco provocou tumulto na noite deste domingo, 25, porque teria tentado entrar numa casa de shows, no município metropolitano de Olinda, sem pagar ingresso. Os seguranças da casa os impediram e os fuzileiros teriam agredido os vigilantes e jogado pedras em veículos estacionados no local.

De acordo com o Comando do 3º Distrito Naval, com sede no Recife - três deles foram indiciados pelo delegado de Casa Caiada, Paulo Clemente, que lavrou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TOC) por danos. Em nota, o Comando lamentou o ocorrido e afirmou ter determinado "rigorosa apuração".

Como medida preventiva, os três autuados pela polícia irão embarcar de volta para o Rio de Janeiro, de onde vieram. Os outros sete também serão ouvidos em sindicância interna, mas continuam em atividade, sob a Coordenação de Área para a Copa do Mundo Fifa 2014. O grupo total inicial de fuzileiros que foram à casa de shows era de 32 homens.

Na sua página no Facebook, a casa noturna Arena Vip, localizada no bairro do Varadouro, informou que os seguranças não tiveram culpa na confusão. "Infelizmente os fuzileiros navais tentaram entrar sem pagar e os seguranças tomaram providência".

Nesta terça-feira será anunciado, pelo governo de Pernambuco, o esquema de segurança para os jogos da Copa do Mundo no Estado, em coordenação integrada com o governo federal e incluindo as Forças Armadas.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.