Termina greve de motoristas em Osasco

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 24/05/2014 17:19

Agência Estado

São Paulo, 24 - A greve de motoristas e cobradores de ônibus intermunicipais de Osasco, na Região Metropolitana, foi encerrada por volta das 12h30 deste sábado, segundo a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU). De acordo com a empresa do governo do Estado, às 15 horas toda a frota disponibilizada para o final de semana (que é menor do que nos dias úteis) já estava na rua. A paralisação foi total na Viação Osasco, que atende nove cidades no entorno do município. A greve na empresa Urubupungá, além de prejudicar os passageiros de Osasco, também atingiu a cidade vizinha de Barueri.

Em Diadema, na ABC, segundo José Alves do Couto, presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Ônibus Rodoviários Internacionais, Interestaduais, Intermunicipais e Setor de Diferenciado (Rodoviários-SP), a paralisação também foi encerrada hoje. De acordo com ele, haverá uma audiência às 15h30 de segunda-feira, no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), para que empresários e trabalhadores discutam as reivindicações. Dissidentes da entidade pedem que o salário dos funcionários da empresa MobiBrasil sejam equiparados com os de motoristas e cobradores que também trabalham em intermunicipais em outras cidades do ABC. "A diferença de salário é quase o dobro e sabemos que será difícil conseguir isso agora. Vamos lutar por isso, mas não será um conquista para agora", afirmou.

Colaborou para a retomada da circulação dos ônibus a decisão liminar da Justiça do Trabalho que obrigou os grevistas a desobstruir os portões da garagem da empresa, sob pena de multa diária de R$ 100 mil. Além disso, outra decisão judicial, divulgada à noite, determinou que a empresa garanta circulação de 75% da frota durante os horários de pico e de 50% no resto do dia. A paralisação na Região Metropolitana de São Paulo e no ABC prejudicou cerca de 275 mil passageiros em 11 municípios.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.