13°/ 24°
Belo Horizonte,
24/JUL/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Dez cidades da Grande SP enfrentam greves de ônibus

Agência Estado

Publicação: 23/05/2014 10:07 Atualização:

São Paulo, 23 - Duas empresas que fazem o transporte intermunicipal continuam em greve na Grande São Paulo. A Viação Mobi Brasil, que atende Diadema e São Bernardo, está totalmente parada, nesta sexta-feira, 23. A Viação Osasco, que atende 8 cidades no entorno de Osasco, funciona apenas parcialmente.

Motoristas e cobradores de Osasco decidiram continuar a paralisação iniciada na quinta-feira, 22, em assembleia da categoria que tem como sua principal reivindicação reajuste salarial igual ao dos trabalhadores de São Paulo. Os trabalhadores acharam o reajuste de 8% insuficiente.

Eles ganham R$ 1,8 mil. A categoria quer os 10% oferecidos aos trabalhadores da capital paulista, onde dissidentes questionam o porcentual e chegaram a paralisar atividades e voltaram a trabalhar, à espera do julgamento da greve.

Apenas oito linhas da viação Urubupungá, de um total de 84, estão paradas. O total é de 64 ônibus, de uma frota de 700. A empresa atende Osasco, Santana de Parnaíba e Cajamar. A direção da concessionária de transportes determinou que esses coletivos não circulem, pois alguns dos ônibus passam na região da viação Osasco, que está em greve.

A empresa teme depredações, que informa já ter sofrido em três carros nesta manhã, além de informar que teve chave de alguns veículos roubadas e casos pontuais de ônibus impedidos de circular. A assessoria de imprensa da Urubupungá diz, no entanto, que não há mais greve dos funcionários.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.