20°/ 31°
Belo Horizonte,
31/AGO/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Responsável por conciliação no TRT depende de ônibus

Agência Estado

Publicação: 22/05/2014 22:01 Atualização:

São Paulo, 22 - Responsável pela audiência de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho da 2ª. Região (TRT-2) a desembargadora e vice-presidente judicial do órgão, Rilma Aparecida Hemetério, foi uma das prejudicadas pela greve de ônibus nesta semana. Ela é usuária do sistema de transporte coletivo há quatro anos. "Nas minhas atividades diárias, se persistisse o movimento, afetaria muito", disse Rilma, após o término da sessão.

Durante a audiência, a magistrada chegou a dizer que não tem carro. Ao fim da sessão, afirmou à reportagem que deixou de renovar a sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) há mais de dez anos. Acostumada a lidar com dissídios de greve de categorias relacionadas ao transporte coletivo, Rilma cobrou mais seriedade das partes envolvidas. "Não foi por isso que lutamos para ter a garantia de greve prevista em lei. É preciso que todos tenham consciência da sua responsabilidade social."

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.