Policia Civil do Rio atende apenas as ocorrências graves

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 21/05/2014 15:49

Agência Estado

Rio, 21 - As delegacias da zona sul do Rio aderiram à paralisação da Polícia Civil e só estão registrando ocorrências graves, como agressões, homicídios e roubos violentos. A reportagem do Estado esteve na 12ª, 13ª, 14ª e 15ª DP, nos bairros de Copacabana, Gávea e Leblon, e em todas elas o movimento foi baixo durante o dia. Na delegacia da Gávea, praticamente não houve movimento, porque além da paralisação, o sistema de computadores saiu do ar de manhã e em parte da tarde desta quarta-feira, 21.

A professora universitária Manuela Dolinsky, de 41 anos, teve um cheque fraudado e tentou registrar a ocorrência na 12ª DP. Foi orientada a voltar amanhã. "Sacaram R$ 15 mil da minha conta. O Itaú exigiu boletim de ocorrência e querem que eu espere mais um dia. Entendo a legitimidade da greve, mas de alguma maneira a população sempre acaba lesada", afirmou. Na Gávea, a única ocorrência registrada foi a de um furto em apartamento.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.