Polícias Civil e Federal de PE não aderem à paralisação

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 21/05/2014 14:37

Agência Estado

Recife, 21 - Em Pernambuco, os policiais civis e federais não aderiram à paralisação nacional nesta quarta-feira, 21. No entanto, um grupo de oposição ao Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol) vai fazer passeata na área central do Recife nesta tarde para reivindicar melhorias salariais. "Será uma passeata pacífica", frisou o presidente da União dos Escrivães de Polícia de Pernambuco (Uneppe), Divanildo Gonçalves da Silva. A entidade congrega 800 escrivães. O total de policiais civis no Estado é de 5,8 mil.

Uma das principais reivindicações da Uneppe é a equiparação da gratificação de risco de morte de agentes e escrivães com a gratificação dos delegados. Uma semana depois da greve dos policiais militares, nos dias 14 e 15, quando ocorreram saques e arrastões em vários pontos da capital e região metropolitana, os homens da Força Nacional de Segurança ainda se encontram em Pernambuco, onde devem permanecer até o dia 29.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.