17°/ 30°
Belo Horizonte,
31/OUT/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Informação ruim afeta tratamento, diz oncologista

Agência Estado

Publicação: 21/05/2014 11:07 Atualização:

São Paulo, 21 - O chefe do setor de oncologia da Beneficência Portuguesa de São Paulo, o oncologista Fernando Cotait Maluf acredita que um paciente munido de informação precisa e de qualidade tem mais condições de enfrentar o câncer adequadamente. Ao lado dos colegas Antonio Carlos Buzaid e Drauzio Varella, o especialista lança nesta quarta-feira, 21, o livro Vencer o Câncer, que traz informações sobre prevenção, tratamento e direitos do paciente.

Maluf afirma que "a busca de informações na internet é comum, mas também errática. Primeiro, porque o termo procurado na internet não é o termo correto.

Segundo, porque, mesmo sendo o termo correto, na internet vem uma série de informações, de situações que não são parecidas. O paciente acaba lendo uma informação de um prognóstico terrível, de tratamentos complexos, quando isso não é aplicado à situação dele. O terceiro ponto é que a internet não tem filtro. A ideia foi criar um livro e um portal para melhorar a qualidade da informação na área de oncologia."

Para o médico, uma informação errada pode prejudicar o tratamento de várias maneiras. "Primeiro, ao causar algum grau de angústia ou depressão. A segunda maneira é que talvez deixe aquela pessoa menos aderente a potenciais tratamentos benéficos, ou seja, a pessoa enxerga aqueles tratamentos como não efetivos ou exagerados, de acordo com o que ela leu."

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.