20°/ 32°
Belo Horizonte,
01/SET/2014
  • (16) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Cubano do Mais Médicos é suspeito de abuso sexual no DF Médico não identificado foi afastado da função depois que três pacientes e uma enfermeira fizeram denúncia

Agência Estado

Publicação: 20/05/2014 14:31 Atualização: 20/05/2014 15:46


Deverá ser ouvido na tarde desta terça-feira, 20, um clínico geral cubano, investigado pela Polícia Civil da cidade de Luziânia, no entorno do Distrito Federal, por abuso sexual. As denúncias foram registradas por três grávidas contra o profissional, integrante do Programa Mais Médicos do governo federal. Irregularidades na conduta dele teriam sido observadas até por uma enfermeira que prestou depoimento nesta terça.

O médico trabalhava em uma unidade de saúde da família da prefeitura de Luziânia desde o início do ano e foi afastado preventivamente após as denúncias. As vítimas suspeitaram da conduta do profissional e relataram o caso para a enfermeira que as orientou a acionar o serviço de ações básicas de saúde do município. Grávidas de 7, 6 e 3 meses, as três mulheres fizeram a denúncia à polícia e a delegada Dilamar de Castro iniciou a investigação.

As vítimas também levaram o caso ao conhecimento da Secretaria de Saúde de Luziânia que instaurou sindicância após ter ouvido as gestantes e o médico, optando pelo afastamento "preventivo" do profissional e a notificação ao Ministério da Saúde, responsável pelo programa.

Nos depoimentos, elas alegaram que o clínico geral vinha cometendo atos libidinosos durante as consultas de rotina do pré-natal. Uma das grávidas contou que o abuso aconteceu durante uma consulta, com a realização de exame local fora dos padrões e demorado. A mulher está no sétimo mês de gestação e havia procurado o médico para tratar de uma provável infecção urinária. Conforme o depoimento, o médico pediu para que a gestante deitasse em uma maca não convencional e tocou as partes íntimas da mulher por um período maior que o normal de um exame de toque.

A delegada afirmou que os depoimentos deixam claro que ele teve a intenção de um ato libidinoso e que duas das grávidas perceberam rapidamente isto porque já tiveram outras gestações e passaram por vários exames similares, dentro dos padrões. Ela apurou que um outro médico teria sido convidado informalmente no posto de saúde a avaliar o que foi descrito pelas vítimas, visando conferir se a conduta profissional estava correta, e ele teria considerado que ela fugia aos padrões.

Segundo a delegada, pelo relato das vítimas, o provável abuso foi cometido do mesmo modo nas três pacientes. O depoimento deve ser colhido pela delegada que não revelou o nome do médico ainda porque aguarda os dados oficiais da Secretaria de Saúde de Luziânia. O clínico foi substituído por uma médica.
Tags:

Esta matéria tem: (16) comentários

Autor: Ricardo Cruz
Se não deportar vamos pagar a remuneração dele ao Castro e ainda ter custos com ele na cadeira, caso venha a ser condenado. Melhor mandar embora rapido. | Denuncie |

Autor: Ricardo Cruz
Será abuso ou ele não sabe como proceder? ? ? ? Afinal trata-se de medico cubano que ninguém sabe qual a real formação. Deportar urgente. | Denuncie |

Autor: Charliton Machado
Temos que ter cuidados com todos os médicos. Em vez de criar estádios e trazer este médicos poderia ter usados nas condições de trabalho.apesar que Médicos querem ficar nas grandes centros. | Denuncie |

Autor: eduardo colares
falou tudo jota Fer, além daqueles que usavam prótese de silicone pra fraudar plantões...Pobre direita, sem proposta para melhorar o Brasil, vive de fofocas e intrigas. E se de fato ocorreu, é um caso isolado, não é justo demonizar todos os médicos estrangeiros que aqui atuam.. | Denuncie |

Autor: Paulo Costa
Deu sorte de estar no Brasil atual: se estivesse em Cuba, ou no Brasil que os terroristas anistiados (e atuais políticos) desejavam impor pela violência, esse cubano seria fuzilado. | Denuncie |

Autor: Luiza Lu
Você já foi atendido por um médico bem rapidinho, que a sua consulta demorou uns poucos minutos e ele com cara de "vem o próximo" ?? eu já. E era médico brasileiro. | Denuncie |

Autor: Luiza Lu
Não acredito nesta história! o exame pode variar de um médico para outro perfeitamente! acostumadas com médicos ligeirinhos, exames cinco minutos quando muda acham tudo estranho. | Denuncie |

Autor: André Rocha
Programa mais médicos...mais tarados! | Denuncie |

Autor: Geraldo Geraldo
Dão destaque ao "mais médicos", mas esquecem-se de que tal coisa acontece todos os dias, independentemente se são profissionais do "mais médicos" ou não. BRASIL. | Denuncie |

Autor: James Stuart
A imbecilidade dos comentários é tanta que daqui a pouco irão postar que Roger Abdelmassih, o médico estuprador, liberado da prisão pelo Gilmar Mendes seria cubano. | Denuncie |

Autor: Antonio Carlos Plais
Este é o tipo de "médico" que estamos importando de Cuba? Aliás, como estes profissionais não tiveram o diploma validado pelo CRM, como garantir que ele realmente é um médico capacitado para atendimento ginecológico? Nisso é que dá este plano "brilhante" da nossa amada PresidAntA e seus asseclas. | Denuncie |

Autor: Leonardo Fonseca Vieira
mas segundo a nossa PresidANTA, os médicos cubanos são mais carinhosos que os brasileiros... | Denuncie |

Autor: jota fer
Não são só os cubanos. O mais certo seria noticiar medico abusou de..... Quem se recorda do famoso medico paulista? Vai aí parte da notícia: Roger Abdelmassih é acusado por 40 ex-pacientes de molestá-las . | Denuncie |

Autor: Josué Edson JOSUE EDSON
Cubano tem imunidade no Brasil governado pelo PT. Existe a possibilidade do Brasil ter que indenizar Cuba por estas acusações. Existe também a possibilidade das brasileiras serem condenadas por calunia e ainda serem impedidas de entrarem na ilha. Dilema com certeza pedirá desculpas ao povo cubano!!! | Denuncie |

Autor: Hudson
Medico que se propoem a isso deveria ser castrado. | Denuncie |

Autor: Nunes Nunes
Não devemos associar a conduta do cidadão cubano à autora da ideia de trazê-lo para o Brasil. Devemos associar o programa em seu contexto geral que não serviu para nada. O mais médicos foi ofuscado pelo seus grandes opositores... Menos CTI's, menos leito, menos pronto socorros, menos hospitais. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.