Homicídios caem 26,5% em áreas com UPPs no Rio, diz ISP

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 20/05/2014 13:31

Agência Estado

Rio, 20 - O Instituto de Segurança Pública (ISP) do Rio divulgou os dados consolidados sobre as incidências criminais em 30 áreas com Unidades de Polícia Pacificadora (UPP) referentes a 2013. Os índices de homicídio doloso e letalidade violenta tiveram redução de 26,5%. Também foram registrados menos seis casos de homicídios decorrentes de intervenção policial (conhecidos como auto de resistência), entre 2012 e 2013. Por outro lado, houve aumento de roubos de rua (7%) e de veículos (5,8%).

Em um ano, houve redução de 18 vítimas de letalidade violenta (que reúne as quantidades de homicídios, latrocínios, autos de resistência e lesão seguida de morte): de 68 para 50 vítimas. Em 2013, foram 36 vítimas de homicídios dolosos, contra 49 em 2012. As lesões corporais dolosas reduziram 14% (menos 462 vítimas), de 3.291 para 2.829.

No mesmo período, a quantidade de roubos de rua aumentou, passando de 213 para 228. Já em relação aos roubos de carro foram registrados 73 roubos em 2013 e 69 no ano anterior. As apreensões de drogas subiram 23,2%, de 1.661 registros para 2.046, no entanto a quantidade de drogas apreendidas não foi divulgada.

Hoje, o Rio tem 37 UPPs e deve chegar a 40 até o fim deste ano. Os dados são divulgados após um ano de implantação de cada unidade e têm como base o ano anterior.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.