15°/ 28°
Belo Horizonte,
21/NOV/2014
  • (11) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Homem mata escrivã a facadas em delegacia do Maranhão Crime aconteceu na delegacia da mulher, onde criminoso respondia por suspeita de praticar abuso sexual contra filhas de 9 e 10 anos

Agência Estado

Publicação: 16/05/2014 17:01 Atualização: 16/05/2014 17:35

Após matar a escrivã, o homem fugiu, mas foi preso em seguida, próximo a terminal rodoviário  (Reprodução/Facebook)
Após matar a escrivã, o homem fugiu, mas foi preso em seguida, próximo a terminal rodoviário
A escrivã Loane Maranhão da Silva Thé, de 31 anos, foi assassinada a facadas nesta quinta-feira, 15, no Maranhão por um homem suspeito de praticar abuso sexual contra as próprias filhas, de 9 e 10 anos. O crime ocorreu quando Loane ia tomar depoimento do acusado na delegacia de polícia da cidade de Caxias, a 360 quilômetros de São Luís. A investigadora Marilena Moraes tentou impedir a ação, e também foi ferida a facadas pelo acusado, mas não corre risco de morte.

Logo após o crime, o gari Francisco Alves Costa, de 47 anos, conseguiu fugir da delegacia, mas acabou sendo capturado. Costa havia sido intimado a comparecer à Delegacia da Mulher para prestar depoimento sobre a acusação de abuso sexual contra suas filhas. Ao chegar na delegacia, ele não foi revistado, mas estava armado com uma faca de cozinha, que usou para esfaquear a escrivã na garganta e no tórax.

Na confusão, Marilena tentou impedir que o assassino fugisse, mas acabou sendo esfaqueada duas vez no abdômen. Detido próximo da rodoviária da cidade, Costa foi levado para a Delegacia Regional e autuado em flagrante pelos crimes de homicídio qualificado e tentativa de homicídio com agravantes. A arma utilizada no crime foi apreendida.

De acordo com o delegado de Caxias Celso Rocha, que comanda o inquérito que trata do assassinato da escrivã, o acusado atacou as duas mulheres por medo de ser preso, embora, naquele momento, não poderia ser detido. "Ele estava sendo ouvido depois de ser intimado. Somente depois de concluído o inquérito é que a prisão seria pedida", explicou o delegado. Sobre o fato de Costa ter entrado na delegacia armado com uma faca, o delegado disse não ser comum suspeitos serem revistados. O gari vai permanecer preso em Caxias.
Tags:

Esta matéria tem: (11) comentários

Autor: José Neto
Em Minas Gerais a violência tá demais. Cadê a segurança governo de Minas Gerais. aqui também é uma terra sem lei! | Denuncie |

Autor: alvaro mello
Quanto zé ruela, neste país, como se perde tempo c estes lixos, e ninguem tem uma atitude p eliminar esta gangue de vermes, agora c estas manifestações, c estes vandalismos, que foi aceita por estes politicos, quero ver quem resolve isso mais, ninguem, estes vagabundos, ficaram sem limites, lixo, lix | Denuncie |

Autor: Emerson Sousa
É um absurdo pessoas morrerem por incompetência nos procedimentos de segurança! Eita Maranhã! "Terra de ninguém" como cita Jorge Aparecido! | Denuncie |

Autor: Vladimir Ferreira
Mas um descuido do Estado. Onde já se viu receber um depoente sem que ele passe, não por uma revista, pois isso é ato medieval, mas por um detector de metal. Jorge, ainda bem que vc corrigiu, não é o Maranhão, é o Brasil. | Denuncie |

Autor: Julio Cesar Sabino
Uai... volta para os USA, gringo! | Denuncie |

Autor: Marco Pereira
Sociólogos insistem na educação para conter a violência. Os do mensalão, estudaram nas melhores faculdades e são o que: CRIMINOSOS. Tem muito estudado por aí que matou e tá solto. Rouba, e tá solto aí, o bandido pé de chinelo, pensa: se eles podem eu também posso...TAÍ O BRASIL ATUAL: SEM LEI. | Denuncie |

Autor: Marco Pereira
Os senhores políticos desse país acham que é brincadeira o que está acontecendo no país. A violência chegou a tal ponto que criminoso perdeu totalmente o medo e orespeito da lei. O QUE FAZER? UMA PRESSÃO POPULAR PEDINDO A PRISÃO PERPÉTUA. EU ENGULO MEU COMPUTADOR SE A VIOLÊNCIA NÃO DIMINUIR 80%... | Denuncie |

Autor: Marco Pereira
Senadores, ministros, deputados, vereadores: vocês verão o que vai acontecer com a revolta da população do Brasil contra criminosos. Se voês não derem um jeito de no mínimo decretarem a perpétua nesse país, viveremos um inferno devido a revolta do povo contra criminosos. EU ESTOU AVISANDO...HÁ MUITO. | Denuncie |

Autor: Antonio Ziller
O despreparo no Brasil é geral. Como que uma pessoa entra armada em uma delegacia e ninguém vê? Uma vida tirada imbecilmente. Não deveria ter um policial armado junto a escrivã? Como que alguém mata um servidor dentro de uma delegacia e consegue fugir? É o reflexo da bagunça generalizada no Brasil. | Denuncie |

Autor: Jose Gouveia
Pois é... suspeito não é necessariamente criminoso, mas, tem que ser tratado como possível criminoso. | Denuncie |

Autor: jorge aparecido dutra
Maranhão, terra de ninguém, terra sem lei... aliás o Brasil todo! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.